Hayley Arceneaux enfrentou câncer com apenas 10 anos de idade e hoje, atua como médica assistente em oncologia, atendendo crianças e contando-lhes que passou pela mesma coisa, o que lhes dá esperança de viver. Levá-la ao espaço é uma mensagem ao mundo de que todos os obstáculos podem ser enfrentados, não importa o quão difícil sejam.

Se fizermos uma análise da histórica corrida espacial ocorrida nos anos 60, podemos perceber que desde que o ser humano chegou à Lua, parece que a conquista do espaço próximo está se tornando uma realidade mais sólida com o passar do tempo. A SpaceX nos ensinou que a reinvenção da corrida espacial deve agora ser centrada na humanidade e envolver as pessoas comuns nas novas conquistas.

Com essa mentalidade, Elon Musk, CEO da SpaceX, decidiu levar civis em uma viagem ao espaço e entre eles está Hayley Arceneaux, uma sobrevivente de câncer que passou por momentos difíceis em sua vida, tenacidade que a torna perfeita para ser um membro da tripulação em uma viagem histórica para fora do planeta.

Hospital de pesquisa infantil St. Jude

Hayley foi tratada para câncer ósseo aos 10 anos. Dezenove anos depois, se tornou uma assistente médica de uma unidade de oncologia, ela leva sua história ao coração de seus pacientes, dando-lhes esperança como ninguém.

Hospital de pesquisa infantil St. Jude

“Honestamente, não estou nem um pouco nervosa. Acho que minha jornada contra o câncer me preparou para isso. Esta missão está mudando as coisas e se tornar uma sobrevivente do câncer no espaço é uma honra tão incrível que mal posso esperar para falar com meus pacientes sobre isso e apenas mostrar a eles que eles não podem se limitar”, conta Hayley.

O Hospital St. Jude Children’s Research, onde Hayley trabalha, está em uma campanha de arrecadação de fundos, aliando-se à SpaceX, onde qualquer um dos doadores participa como o terceiro membro da tripulação da missão.

Jared Isaacman, o bilionário que pagou Elon Musk vaga para 3 pessoas na viagem para o espaço, escolheu a assistente médica porque sua história é uma mensagem para o mundo e para todas as crianças de que tempos difíceis são possíveis de enfrentar.

Hospital de pesquisa infantil St. Jude

Esta viagem histórica ao espaço tem a particularidade de que nenhum tripulante terá experiência como astronauta, um desafio nunca antes pensado se não fosse pela tecnologia desenvolvida na SpaceX. O último convidado deve ser um empresário que tenha uma visão que faça a diferença, não necessariamente um milionário. As inscrições terminam no dia 28 de fevereiro, caso você queira se candidatar…

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.