Kathy Maria, também conhecida como Little Kathy, é uma jovem paraguaia de 26 anos que ganha a vida vendendo as fraldas que usa.

A jovem, que trabalha formalmente como gerente de marketing, não se priva de dará sua faceta “bebê adulto”. Por isso, ela costuma usar fraldas no seu dia a dia, para depois vendê-las na internet por um bom dinheiro.

Por dois anos, ela compartilhou fotos suas usando fraldas em sites adultos. No entanto, ela garante que não é algo fetichista.

Esse estilo de vida bastante peculiar lhe permite ganhar cerca de 600 dólares por mês. Ele investe cerca de 200 dólares para continuar com o negócio que ama.

“Tenho uma coleção de brinquedos e coisas. Coloco o dedo na boca”, detalhou Kathy ao Daily Star.

Ela também compartilhou a fórmula que segue para vender seus produtos:

“Bebo muita água e faço cocô duas vezes ao dia. Eu uso fraldas para fazer xixi e cocô, uso em todos os lugares”, contou.

Embora se saiba que as fraldas descartáveis ​​são caras em quase todo o mundo, ela gasta cerca de 200 dólares por mês para comprá-las. Ser um “bebê adulto” tem um preço muito alto. “É difícil fazer o conteúdo e comprar as coisas. Minhas roupas são muito infantis”, contou.

Ela também investe em roupas de bebê se necessário, que costumam custar entre US$ 100 e US$ 200, mas é algo que ela faz para satisfazer seus clientes que pedem conteúdo personalizado. “No mês passado, um usuário me pediu para enviar vídeos meus usando fraldas, sem fazer nada. Ganhei cerca de US$ 600 naquele mês”.

E as fraldas que ela usa também acabam sendo um sucesso. “Teve um cara dos Estados Unidos para quem eu mandei minha fralda suja. Ele vai pagar US$ 500″, disse ele à agência.

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.