Jovem leva seu diploma universitário para o túmulo dos pais: “As promessas devem ser mantidas”

“A primeira coisa que pensei quando peguei o diploma nas mãos foi levar para eles e dizer: 'olha, pais, foi possível, consegui!'"

CONTI outra

O protagonista dessa história é Marcos Eduardo Mejorado Serrano, um jovem mexicano de 28 anos, que ao se formar em Enfermagem e Obstetrícia, foi com o diploma em mãos ao cemitério onde está o túmulo de seus falecidos pais, para cumprir sua palavra.

O jovem compartilhou em sua conta do Facebook uma fotografia em que se vê a lápide com a foto de seus pais, enquanto o mexicano tira uma selfie com seu título, mostrando seu orgulho, emoção e respeito, ao final dos estudos, tornando profissional de saúde e comemorou homenageando seu pai, falecido em 2008, e sua mãe, que perdeu a batalha contra a doença poucos meses antes da formatura.

Marcos intitulou sua publicação por escrito: “As promessas devem ser cumpridas” e imediatamente recebeu dezenas de comentários de sua família e amigos, aplaudindo a conquista de seguir a carreira de Enfermagem e Obstetrícia na Universidade de Guanajuato. Mas o que o jovem mexicano não esperava é que sua publicação começasse a se tornar viral e em poucos dias fosse compartilhada por mais de mil pessoas.

O jovem, natural de Coatzacoalcos, no estado de Veracruz, recebeu os parabéns de centenas de pessoas que se emocionaram com sua história e com seu maravilhoso gesto de ir ao túmulo de seus pais com o título profissional, cumprindo sua promessa.

Além disso, muitos internautas escreveram palavras de incentivo destacando que, embora seus pais não estejam fisicamente com ele, continuam a acompanhá-lo: “Seus pais estão muito orgulhosos de você, continue a ter sucesso, você é um ótimo menino”, “Você fará bem Eles sempre vão cuidar de você de cima”,“ Muitos parabéns e muito sucesso. Eu sei que não nos conhecemos, mas tenho certeza que seus pais ficariam muito orgulhosos de você e de tudo que você conquistou, continue assim.”

Por fim, Marcos mencionou em entrevistas para a mídia local que sua formatura foi muito importante para ele, pois quando sua mãe adoeceu ele pensou em desistir, mas sua mãe o incentivou a perseverar e terminar a carreira. Por isso, ao obter o diploma universitário, foi ao túmulo dos pais em agradecimento e relatou que “A primeira coisa que pensei quando tinha o diploma em mãos foi levá-lo com eles, antes de chegar. na minha casa, e fala pra eles: ‘Olhem pais, foi possível, eu consegui!’ Foi um momento de intimidade com eles ”.

Sem dúvida um jovem muito admirável.

***
Redação Conti Outra, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.