Ninguém pode negar que as coisas mudaram muito e que as mulheres não aceitam mais o mesmo papel de submissão a que eram condicionadas nas décadas anteriores. Diferentes movimentos sociais, assim como a atitude individual de muitas mulheres, indicam que elas estão cansadas de não serem respeitadas, por isso é hora de começar a exigir seus direitos para si mesmas.

Apesar disso, existem algumas regras de comportamento que, embora às vezes possam ser confundidas com aquelas que o feminismo tenta abolir, são sinônimo de coisas positivas em um relacionamento, como cuidado, carinho e atenção. Um bom exemplo disso é se certificar que a companheira volte em segurança para a casa dela depois de um encontro tarde da noite.

De acordo com Jade, uma popular tiktoker, deixar que uma mulher volte sozinha para casa é um erro gravíssimo. Em seu perfil na rede social, ela contou aos seus seguidores sobre um rapaz com quem teve um primeiro encontro promissor, parecendo ser uma pessoa legal, mas que, segundo ela, acabou se revelando uma pessoa descuidada.

Jade relatou que no dia seguinte foi checar a câmera de segurança instalada na porta de sua casa e descobriu um detalhe que acabava com as possibilidades de um futuro relacionamento com o rapaz. É verdade que ele a trouxe de volta para sua casa, mas assim que ela saiu do carro, ele seguiu seu caminho.

Como Jade detalhou no vídeo, o mínimo que ele deveria ter feito era esperar que ela entrasse em segurança:

“Quando o seu par não espera que você volte para casa antes de continuar dirigindo. Eu não vou responder a ele de novo”, disse ela na rede social chinesa.

A reação dela desperta opiniões mistas. Há quem ache que ela está no direito de se revoltar, pois a atitude do rapaz pode denotar que ele não se importante tanto com ela quanto fez parecer durante o encontro. Mas também há os que consideram que sua reação é compeltamente desproporcional e indicam que ela talvez seja uma pessoa intolerante e “exigente demais”. E você, o que acha sobre isso?

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução/Redes Sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.