Jovem engenheiro cria pavimento que se regenera com água

Seria o fim das estradas esburacadas que são o terror dos motoristas?

REDAÇÃO CONTI outra

O jovem engenheiro civil Israel Antonio Briseño, da Universidade Autônoma de Coahuila, no México, desenvolveu um material que permite a criação de estradas que podem ser reparadas apenas através do contato com a água.

O material foi criado a partir de pneus de veículos, de modo que a base de borracha funciona como um solo que pode fechar as rachaduras que surgem em sua superfície. A invenção rendeu a Israel o primeiro lugar na competição James Dyson-México, focada em estimular a criação de novos designs.

”O projeto é inspirado na solução dos danos causados pela chuva nas estradas. Assim, quando a água entra em contato com ela, uma reação química é criada e a auto-manutenção ocorre”.

Segundo Israel Briseño, o projeto batizado de Paflec, já foi testado em laboratório e teve grande eficiência na reparação ou fechamento de rachaduras, no entanto, ainda faltam alguns procedimentos para que a invenção de Israel possa ser utilizada em vias públicas.

O engenheiro também enfatizou que, embora já existam pavimentos semelhantes, seu protótipo é original, pois ninguém usa a água como meio de regeneração, muito menos pneus. No México, 80% do pavimento é asfalto e 20% concreto hidráulico.

A próxima etapa é certificar a invenção perante a Agência Nacional de Padronização e Certificação de Construção, além de levar uma ficha técnica do seu protótipo ao Secretário de Comunicações e Transporte para que eles determinem para que o Paflec seja usado nas ruas e estradas de seu país.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Nation

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.