Até muito recentemente, na Índia, uma garota de 18 anos era conhecida como Rapunzel por causa de seu cabelo de quase dois metros de comprimento. Ela parou de cortá-lo aos 6 anos, após vivenciar uma experiência traumática no salão de cabelereiro.

Embora fosse difícil de manter, seu cabelo lhe rendeu o Recorde Mundial do Guinness três vezes como a adolescente com os cabelos mais longos. Recentemente, ele foi cortado para ser exibido em um museu na Califórnia, nos Estados Unidos.

Nilanshi Patel é natural de Modasa, em Gujarat, na Índia. Até muito recentemente, ela era conhecida como a “Rapunzel da vida real”. Em 2018, seu cabelo media 170,5cm, o que a tornava digna de seu primeiro recorde mundial do Guinness. A mesma coisa aconteceu em 2019, quando seu cabelo cresceu 19,5cm a mais. O terceiro título veio no ano seguinte, em 2020, quando atingiu 200cm de comprimento.

No entanto, seus longos cabelos chegaram ao fim. O anúncio foi feito pela empresa americana “Ripley’s Believe It or Not!”, a quem Nilanshi vendeu seu cabelo para ser exibido em um de seus museus até maio. Os cabelos também serão colocados permanentemente no Recorde Mundial do Guinness em Hollywood, na Califórnia.

Uma das pessoas que motivou a jovem a tomar essa decisão drástica foi sua mãe, Kaminiben, que disse a ela que “seu cabelo é feito para inspirar as pessoas”. Cuidar do cabelo daquele jeito não era uma tarefa fácil. Uma vez por semana, as duas lavavam os cabelos, depois penteavam e secavam, ação que demorava muito.

“Meu cabelo me deu muito. Por causa dele, sou conhecida como a ‘Rapunzel da vida real’, agora é a hora de retribuir”, disse a jovem a empresa americana.

@nilanshipatel_rapunzel / Instagram

Kaminniben também decidiu cortar os cabelos como forma de apoiar a decisão da filha. Esses, por sua vez, serão doados para pessoas com câncer.

O momento do tão esperado corte de cabelo foi registrado em um vídeo publicado pelo Guinness World Record. Nele, a mãe de Nilanshi é vista separando seus longos cabelos em partes para que um cabeleireiro pegue cada mecha amarrada e corte-os com uma tesoura.

Ripley Entertainment e Guinness World Records

“Tenho orgulho de mandar meu cabelo para o museu dos Estados Unidos, as pessoas verão e se inspirarão. Estou muito, muito feliz… Hoje é um novo começo e espero quebrar muitos outros recordes no futuro”, diz a jovem no registro.

Sobre seu apelido de “Rapunzel”, Nilanshi disse que mesmo que ela não tenha mais cabelo comprido, ela ainda será uma princesa.

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.