Jon Bon Jovi criou um novo banco de alimentos nos EUA para ajudar os mais afetados pela pandemia

Junto de sua esposa Dorothea, o roqueiro sentiu a necessidade de ampliar a sua campanha dos bancos de alimentos nos Estados Unidos e agora eles planejam alimentar mensalmente 5.000 pessoas em Nova York.

Ana Carolina Conti Cenciani

Jon Bon Jovi, de 58 anos, já é muito admirado por seu talento. Muitos clássicos já saíram de sua garganta. Mas há um aspecto muito importante nesse artista que o faz ser admirado por todos nós: a empatia e força de vontade de Bon Jovi são admiráveis. O artista é um exemplo e junto de sua esposa Dorothea, ajuda há anos, os mais necessitados.

Além de brilhar musicalmente com sucessos como It’s my life ou You Give Love A Bad Name com sua banda, Jon abriu em conjunto com sua esposa o primeiro JBJ Soul Kitchen em Nova Jersey em 2011, que recebeu o nome de Red Bank, um restaurante que ajuda os necessitados e que oferece a alternativa (para quem tem condições de pagar) de colaborar com 20 dólares para cobrir os custos.

Em 2016, eles abriram um segundo restaurante no rio Tomas (também em Nova Jersey), seguindo o mesmo esquema do anterior, quem possuir dinheiro pode optar por pagar pelo prato e quem não tiver condições mas mesmo assim quiser ajudar pode optar por colaborar, lavar a louça ou limpar.

Assim, eles abriram seu terceiro banco de alimentos em 2019 na Universidade Rutgers de Nova Jersey que funciona como os outros.

O casal, todavia, acredita que ainda não é o suficiente e querem mais. Eles sabem o quanto as pessoas estão sofrendo com a pandemia do COVID-19, então, com as próprias mãos, começaram a trabalhar para continuar distribuindo comida.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Soul Kitchen (@jbjsoulkitchen) em


Agora, a organização está formando um banco de alimentos que ajudará com a demanda no East End, em Nova York, graças à pandemia de coronavírus. O banco ajudará a encher as despensas locais de South Fork, o objetivo é fornecer alimentos para 5.000 pessoas por mês, trazendo também alimentos pré-cozidos de sua rede Soul Kitchen.

Esse projeto começou há cerca de 15 anos, quando Jon viu um homem dormindo do lado de fora da prefeitura pela janela de um hotel na Filadélfia. O momento o marcou e o fez decidir ajudar os mais necessitados a ter uma vida mais digna. Obrigado Jon, você é um excelente artista, e uma pessoa estrondosamente admirável!

 

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.