Joe Biden permite bandeiras LGBTs em órgãos do governo: “Precisamos assumir o papel de proteger estas pessoas”

Diante do Senado dos EUA, Biden disse o seguinte: “A violência contra a população LGBT aumenta no mundo. Os EUA precisam assumir seu papel de proteger essas pessoas”.

CONTI outra

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, que tomou posse em 2021 como 46.º presidente dos Estados Unidos, já assumiu o cargo mostrando a que veio.

Biden autorizou uma medida até então vetada por Donald Trump, autorizando o uso de bandeiras LGBTs em escritórios oficiais do governo e em toda diplomacia norte-americana pelo mundo.

Diante do Senado dos EUA, Biden disse o seguinte: “A violência contra a população LGBT aumenta no mundo. Os EUA precisam assumir seu papel de proteger essas pessoas”.

A decisão é vista como um grande passo por mais igualdade e justiça para a comunidade LGBTQIA+, alvo de menosprezo no governo anterior. Biden é assumidamente um defensor das minorias e afirma que o país precisa unir todo o seu povo.

Outro importante passo para a comunidade LGBTQIA+ no governo de Joe Biden foi a revogação do veto a pessoas trans nas forças armadas do país. Ele ainda nomeou uma mulher trans que atuou bravamente na linha de frente da covid-19 para a área da saúde em esfera federal.

***
Redação Conti Outra, com informações de Põe na Roda e Observatório G.
Foto destacada: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.