Ivete Sangalo sobre o nascimento das gêmeas: ‘Eu passei um mês me dando o direito de chorar todos os dias’

A maternidade é linda, mas nem sempre é um mar de rosas.

Josie Conti

A maternidade é linda, mas nem sempre é um mar de rosas.

Em entrevista para a Vogue, publicada em dois de abril de 2010, Ivete Sangalo falou de diversos aspectos de dia vida, tais como carreira e maternidade.

Ivete Sangalo ao lado das gêmeas Marina e Helena Imagem: Reprodução/Instagram

No que se refere a família, Ivete contou que, na época do nascimento das gêmeas, ela já tinha um filho. Logo, o crescimento rápido da família foi algo bastante complexo:

“Eu tive que aprender a dividir minha atenção e muitas vezes abrindo mão da minha própria felicidade. Quando nasceram as duas meninas, eu queria ter com elas o mesmo processo de exclusividade que eu tive com o filho único. E não é possível, porque elas são duas, em número elas são maiores”

No período de adaptação, Ivete contou que deu-se o direito de também chorar e descarregar um pouco dos sentimentos que eram conflitantes.

Segundo ela:

“eu passei um mês me dando o direito de chorar todos os dias, uma hora por dia”.

Recentemente nós, aqui na CONTI outra, já havíamos publicado uma matéria sobre a atriz Giselle Itié em que ela,  durante uma noite de cuidados com seu bebê dizia: ‘Será que enlouqueci de vez?

Assim, a fala de Ivete vem para dar voz às mulheres que muitas vezes idealizam a maternidade de maneira a negar qualquer aspecto negativo que ela possa ter.


É importante que aceitemos os sentimentos negativos que também existem dentro de nós e que surgem de forma mais exacerbada quando existe estresse e exaustão.

No caso de Ivete, ela relatou que esperava a família dormir e parava por um momento para chorar e aliviar a pressão que sentia. “Porque eu sabia que eu podia aquilo, era um direito meu, de mulher.”

Com certeza o esforço e a dedicação deram certo. Abaixo, uma foto da família!

Redação CONTI outra. Com informações de Primistili e Uol

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Josie Conti
É idealizadora, administradora e responsável editorial do site CONTI outra e de suas redes sociais. Psicóloga com 19 anos de experiência, teve sua trajetória profissional passando por diversas áreas de atuação como educação, clínica (consultório, grupos pré-cirurgia bariátrica e de reeducação alimentar, acompanhamento de pacientes idosos e acamados em projeto da UNIMED), além de recursos humanos e saúde do trabalhador. Teve um programa diário, o CONTI oura, na rádio 94.7 FM de Socorro. Atualmente realiza vídeos, palestras, cursos, entrevistas, e escreve para diversos canais digitais. Sua empresa ainda faz a gestão de sites como A Soma de Todos os Afetos e Psicologias do Brasil. Possui mais de 11 milhões de usuários fidelizados entre seguidores diretos e seguidores dos sites clientes. Também realiza atendimentos psicológicos online.