A influenciadora Jordan Cheyenne se viu obrigada a abandonar as redes sociais devido às muitas críticas e ameaças que vinha recebendo na web depois que caiu na rede um vídeo em que ela é flagrada obrigando o filho de nove anos a chorar. Na gravação, ela e o menino estavam produzindo a imagem que serviria de abertura para um vídeo para o seu canal no youtube.

No vídeo que Jordan estava produzindo, ela e o filho falariam sobre o cachorrinho da família, que estaria doente. No início, ela chora e a criança está fora de quadro. Então, ela é vista puxando o menino, que chorava: “Chegue mais perto”, diz ela.

“Coloque sua cabeça bem aqui”, disse, puxando a cabeça do menino para seu ombro. “Aja como se estivesse chorando”, afirmou. “Estou chorando”, diz o menino, que estava visivelmente incomodado.

Jordan ainda faz uma cara de choro e diz ao filho: “Faça assim para o vídeo”. Então, a mãe continua a mostrar para o filho como ele deve chorar. “Deixe que eles vejam sua boca”, explica.

Após “dirigir” o filho para o vídeo, Jordan publicou o vídeo sem querer. A cena chocou seus seguidores. Mais tarde, ela fez um pedido de desculpas em que dizia estar “imensamente decepcionada” com ela mesma.

***
Redação Conti Outra, com informações de Isto É.
Foto destacada: Reprodução/Redes Sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.