Keith Davison é um americano de 94 anos que decidiu construir uma piscina no quintal de sua casa para que as crianças de sua vizinhança pudessem brincar nela com seus parentes. A ideia surgiu como alternativa à solidão que estava enfrentando. Hoje ele vive rodeado de pessoas e pode conversar e se divertir o tempo todo.

Tudo começou quando Keith perdeu sua esposa Evy, que faleceu em 2016 de câncer e após 66 anos de casamento, o americano se sentia muito desolado sem a companhia de sua amada esposa e com o passar dos dias, a dor ficou mais forte e Keith caiu em uma profunda tristeza.

Posteriormente, Keith começou a beber, até que um dia ,na primavera de 2017, encontrou uma ótima solução para evitar os estragos da solidão: construir uma piscina em seu jardim para que seus famíliares pudessem visitar e se divertir com as crianças.

Depois que a construção da piscina foi concluída em julho de 2019, Keith convidou seus vizinhos para irem à sua piscina e embora eles inicialmente pensassem que era uma piada, sua vizinha Jessica Huebner foi com seus quatro filhos, eles abriram a piscina e tiveram um dia magnífico.

Poco a poco más vecinos se enteraron de la iniciativa del estadounidense, quien es un juez jubilado, y en la actualidad decenas de niños acuden a su piscina para compartir un momento ameno con el anciano que lo único que anhelaba es sentir el amor y la compañía Das pessoas.

Além disso, em entrevista ao ABC News, Keith comentou que a piscina tem 10 metros de comprimento e quase 3 metros de profundidade em partes específicas e também possui um trampolim para que as crianças se divirtam brincando. Além disso, referiu que a piscina é bem vinda a todos, no entanto existe uma regra que qualquer criança que frequente a piscina deverá estar acompanhada pelos pais, avós ou tutor.

Por outro lado, Keith mencionou que com sua esposa teve três filhos, mas até agora não teve netos. Portanto, ter construído a piscina e habilitado para as crianças e pais da vizinhança foi uma ótima decisão para ele, pois eles passaram a fazer parte de sua família e ele adora ver as crianças brincarem e claro poder conversar com seus pais e avós. . A esse respeito, em entrevista ao ABC News, Jessica Huebner, vizinha de Keith, disse que o americano “adotou todos os filhos de nossa vizinhança, são seus netos”.

Sem dúvida uma grande iniciativa para poder evitar a solidão e se sentir acompanhado no seu dia a dia com pessoas que de alguma forma, também o adotaram.

***
Redação Conti Outra, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.