Idosa com Alzheimer reconhece o marido depois de ganhar flores dele

Um idoso de 85 anos viveu recentemente um momento da mais pura emoção. Ao oferecer um buquê de rosas para a esposa, de 82 anos, que sofre de Alzheimer, ele recebeu a resposta mais inesperada.

CONTI outra

Na cidade de Campo Limpo Paulista, um idoso de 85 anos viveu recentemente um momento da mais pura emoção. Ao oferecer um buquê de rosas para a esposa, de 82 anos, que sofre de Alzheimer, ele recebeu a mais doce resposta dela. A cena comovente foi registrada pelo neto e emocionou toda a família.

Nas imagens que ficarão gravadas para sempre na memória da família, Sebastião Sales surge diante da mulher com quem é casado há 62 anos e cita “receba as flores que lhe dou”, um pequeno trecho da canção “A Namorada Que Sonhei”, de Nilton César.

De acordo com o neto, a avó não se lembra do marido e até o confunde com o pai ou homens conhecidos da família. No entanto, ao menos por alguns minutos, ela o abraçou e beijou o companheiro em forma de agradecimento pelas flores.

“Muito obrigado pelo presente. Você nunca me deu nada mesmo”, brincou Luzia Sales enquanto sorria com as rosas em mãos e ganhava um cafuné de Sebastião.

Sebastião e Luzia moram com o neto no bairro Santo Antônio, em Campo Limpo Paulista. De acordo com André, o neto, o diagnóstico da doença foi há cerca de um ano. Desde então, a idosa se recorda apenas dele.

“[Os avós] são tudo que eu tenho e todos os momentos com eles são especiais. Foi emocionante a entrega das flores. Essa doença traz dor a quem está próximo e momentos assim são passageiros e gratificantes.”

***
Redação Conti Outra, com informações de G1.
Fotos: Reprodução/Arquivo Pessoal.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.