Terezinha da Conceição, de 80 anos, foi a primeira moradora do Rio vacinada contra a Covid-19. Ao receber a noticia de que tinha sido escolhida como primeira imunizada, a idosa não conteve a emoção.

A notícia foi dada à idosa na tarde desta segunda-feira (18), horas antes de receber a imunização em uma cerimônia no Cristo Redentor.

Terezinha foi acolhida pelos serviços da Prefeitura em 2015 e mora no Abrigo Cristo Redentor. Ela estava em situação de vulnerabilidade depois que sua casa, em más condições e perto de uma ribanceira, foi demolida pela Defesa Civil.

“[A notícia] foi ótima. Assim eu posso sair, eu posso viver a minha vida como eu estou acostumada. Senti falta de alguns colegas meus, estou acostumada mesmo a trabalhar”, disse ela, aos prantos, após dar um breve abraço na cuidadora.

A idosa contou que, com o isolamento social, ficou triste com a diminuição do contato com a família e amigos. Também falou que, depois que acabar a pandemia, gostaria de ‘sair para o carnaval’.

“Fiquei muito emocionada (…) Mais feliz da minha vida porque agora posso sair, posso fazer o que quiser. Estou muito bem dentro do abrigo, mas tenho vontade de sair”, celebrou, depois da vacina, Terezinha, que ainda precisa tomar a segunda dose em até três semanas.

***
Redação Conti Outra, com informações de G1.
Fotos:

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.