Homens que escrevem errado são dispensados

Uma amiga me conta, o cara vem me paquerar, mas escreve tudo errado, não consigo entender nada do que ele quer me dizer, sem pontuação, vírgula, sem interrogação, como é que se vai entender uma criatura dessas?

Uma amiga reclama, outra também, mais outra e outra, outra, elas dizem, não dar pra paquerar uma cara que escreve errado, não é suportável. É o que tenho ouvido, aqui e ali, de mais de uma mulher, vez ou outra.

Uma amiga me conta, o cara vem me paquerar, mas escreve tudo errado, não consigo entender nada do que ele quer me dizer, sem pontuação, vírgula, sem interrogação, como é que se vai entender uma criatura dessas? E o pior, ele nem faz o esforço de corrigir o que acabou de dizer, falar, escrever, é brochante, ela diz.

Andei pesquisando na internet, há muita mulher reclamando dos erros gramaticais de homens. Tento entender, penso que, a escrita demonstra certo polimento, inteligência e cultura, no fundo, quer dizer, o cara tem um bom papo, sabe conversar, tem algo além de um rosto e um corpinho bonito, tem conteúdo, é uma boa companhia, serve.

Li sobre o assunto, vi o comentário de uma mulher, na qual ela dizia, adoro conversar, viajar, cinema, boa música, não vou conviver com um cara do mato, que mal sabe se expressar, que não tenha o que dizer, a relação hoje em dia é mais do que sexo, dinheiro, é convivência, é afinidade, é comunicação, sem isso, fica difícil ir adiante.

Outra dizia, também não gosto do cara exibido, metido a intelectual, arrogante, vaidoso e pretensioso, a inteligência tem o seu charme, é gostoso ter alguém que você admira e que pode conversar sobre qualquer coisa, séries, livros, universidade, projetos de futuro, trabalho, um cara que esteja na mesma sintonia que você, que tenha vontade de crescer, viver, estudar, trabalhar.

E ainda tem o cara que não é mais adolescente e é cheio de gíria, quer ser engraçado, falar engraçado, mas acaba parecendo imaturo e chato, também é outra reclamação das moças.

A grande questão é, o nível das mulheres, elas trabalham, são independentes, críticas, muitas moram sozinhas, não são mais obrigadas a ter e aceitar o seu próprio destino fixo e imutável, como antes, tempos atrás, em relações arranjadas e obrigadas, tinham que aceitar o que havia, agora não, elas agora podem escolher, e escolhem.

E se você escreve errado amigo, está fora da lista, dos contatos, do set list.

Há também outra questão, que penso, o cara que escreve errado, além de demonstrar o seu nível cultural, também deixa perceber certa rudeza no ar, é um cara meio debochado que não deu muita atenção a escola, aos livros, não estudou e não é muito interessante, ele pode até ser bonito, mas será apenas uma coisa física.

Num mundo onde as mulheres adoram séries, escrevem nas redes sociais, viajam, curtem cinema, livros, bebem cerveja com as amigas, são conectadas, inteligência, cultura, bom papo, conteúdo são itens obrigatórios para qualquer candidato, isso passa também pela gramática meninos.

***

Photo by Nik Shuliahin on Unsplash

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Ronaldo Magella
Ronaldo Magella é da Paraíba, Santa Luzia, professor, jornalista, radialista, cronista, poeta, já publicou três livros de crônicas e tem participação em outras cinco antologias literárias. Formado em Jornalismo e Letras pela Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB. Solitário e tomador de café, gosta da vida pelo improviso, se cansa da monotonia, e brinca com o tédio escrevendo.