No dia 3 de outubro deste ano, um homem tirou a vida de um desconhecido após uma discussão de bar em Verdelândia, cidade do Norte de Minas Gerais. No entanto, o que ele não sabia é que a vítima tinha salvado o filho dele de um afogamento no dia anterior.

Na última sexta-feira (17), foram divulgadas novas informações sobre o caso depois que a Polícia Civil de Minas Gerais concluiu o inquérito policial que apurava o crime.

De acordo com a polícia, o crime ocorreu dentro da casa da vítima, no bairro Barreiro do Rio Verde, no município de pouco mais de cerca de 9 mil habitantes.

Ainda segundo a Polícia Civil, a vítima e o suspeito do crime se desentenderam dentro de um bar por motivo fútil não especificado. Depois da discussão, o autor do crime foi até a casa da vítima na companhia de outro homem, de 40 anos, e efetuou diversos disparos.

A delegada Glênia Balieira Torres Aquino destaca que, um dia antes do crime, a vítima teria salvado a vida do filho do suspeito, que estava se afogando em um rio.

“Ao que consta, o homem, que havia chegado à cidade poucos dias antes, teria ficado muito agradecido, mas não chegou a ver quem seria a pessoa que salvou seu filho, apenas ficou sabendo que foi o marido de uma conhecida”, disse a delegada Glênia Balieira Torres Aquino.

Um dos suspeitos do crime está em prisão domiciliar, enquanto o outro segue foragido da polícia.

***
Redação Conti Outra, com informações de Isto É e O Tempo.
Foto destacada: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.