Homem que resgatou quase 30 cães e estava perto de ser despejado ganha casa nova

O bem sempre retorna! Kleber acolheu em sua casa quase 30 cães abandonados e estava às vias de ser despejado por dificuldades financeiras, mas então ele sentiu o poder da solidariedade das pessoas ao receber inúmeras doações e até uma casa nova!

Felipe Souza

O abandono de animais é um problema sério em nossa sociedade. Cães e gatos que vivem nas ruas tem que sobreviver a inúmeras adversidades, como o frio, a fome e a crueldade de algumas pessoas.

Felizmente, alguns desses animais têm a sorte de encontrar um anjo da guarda em seu caminho, como o Kleber, da cidade de Socorro (SP), que acolheu em sua casa quase 30 cães abandonados.

É claro que, cuidando de tantos cães, Kleber começou a ter dificuldades financeiras para custear os cuidados e a alimentação dos animais. A situação chegou a um ponto em que se viu às vias de ser despejado da casa onde morava.

Foi aí que a luta do cuidador para acolher os animais de rua chamou a atenção dos defensores de animais da cidade. A ONG Bicho é Bom iniciou uma campanha para ajudar Kleber a manter seu trabalho.

O que o cuidador não imaginava é que a solidariedade dos cidadãos de Socorro com a sua causa fosse causar tanto impacto. Muitas pessoas se mobilizaram para lhe oferecer melhores condições de continuar com a sua missão, e ele inclusive ganhou uma casa nova.
Através da sua página no Facebook, a ONG Bicho é Bom publicou, no último dia 23, um longo agradecimento a toda a ajuda dispensada a Kleber. O post agradece aos donos de uma construtora, que, segundo a ONG “abraçaram com todo carinho essa história, e mais do que oferecer a mão, proporcionaram a construção de um sonho: um lugar onde o Kleber pudesse viver com todos os animais que ele acolheu ao longo desses anos!”

A ONG também agradeceu à família que doou um pedaço de terra para a construção da casa do Kleber, e às muitas empresas, instituições e benfeitores que doaram pisos e areia para a construção da casa, além de móveis, ração para os cachorros, atendimento veterinário e transporte para as doações.

“Agora, o Kléber não será mais criticado ou julgado, não correrá mais o risco de ser despejado, ele e seus anjos de quatro patas terão paz!! Desejamos a eles toda a felicidade do mundo neste recomeço!”, finalizou a ONG.


Confira o post da ONG Bicho é Bom clicando aqui

Publicação original Rádio Socorro

Imagens reprodução Bicho é Bom. Siga você também esse projeto!

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Felipe Souza
O socorrense Felipe Souza descobriu cedo o seu interesse pela literatura e pela escrita. Nos primeiros anos da escola já era uma criança imaginativa que tinha especial interesse pelas aulas de Redação e de Língua Portuguesa. Na adolescência, já se arriscando a produzir seus próprios textos, participou de três edições do Mapa Cultural Paulista, tradicional concurso literário do Estado, inscrevendo seus contos, “Procura-se uma identidade, de 2005, “Rotina”, de 2006 e “(Minha vida cabe dentro de um parêntese)”, de 2007, que, em suas respectivas participações, conquistaram a primeira colocação na fase municipal da competição. Felipe cursou Letras- Português e Inglês, na PUC-Campinas e trabalha desde novembro de 2016 produzindo conteúdo jornalístico para a Rádio Socorro.