O caso ocorreu em um restaurante em São Paulo, nessa terça-feira (13). O pintor João Carlos publicou em seu Facebook um vídeo contando do ocorrido, ele estava sendo expulso de um rodízio de massas depois de ter “comido demais”.

No registro, João conta: “Os caras mandou [sic] eu parar só por causa disso aqui ó: eu comi 14 pratos”, disse o pintor exibindo com orgulhos os pratos sujos empilhados na mesa.

João também contou que o rodízio custou apenas R$ 19,90, mas os funcionários ofereceram o dinheiro de volta para ele parar de comer e ir embora.

“Tô fazendo esse vídeo pra mostrar que isso não se faz, não. Me botaram pra correr”, contou ele rindo enquanto comia seu 15º e último prato de massa. “O cara falou que não vai me servir mais, não, então estou deixando registrado”.

O vídeo fez sucesso nas redes sociais e chegou até mesmo na televisão, com diversas emissoras fazendo matérias sobre a história de João.

Mas, não foram só os quize pratos que João comeu. Antes disso, em seu café da manhã, já tinha consumido oito pães. O pintor explicou o motivo: “Gasto muita energia”.

O mais cômico da história é que João foi antecipadamente alertado que, caso houvesse desperdício no rodízio, teria que arcar com um custo de R$ 9,90. Mal esperavam eles!

Com informações de A Cidade ON

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.