Um homem de 28 anos dividiu com os usuários do Reddit o relato sobre o motivo que o levou a cancelar o casamento com sua noiva às vésperas da cerimônia. Segundo ele, sua noiva foi negligente com o seu cachorro, e isso não tem perdão.

O jovem contou que ele e a namorada tinham ficado noivos há seis meses e que ele tem um labrador de 7 anos que é o “cachorro mais incrível da vida”. E foi justamente o animal que fez o rapaz questionar se sua noiva era realmente a mulher de sua vida.

“No sábado, minha noiva ia fazer sua festa de despedida de solteira em casa. Eu fiquei nos meus pais, mas deixei o cachorro com ela porque ela curte ficar com ele por lá”, contou o homem.

“Pedi a ela que deixasse o pet no nosso quarto assim que a festa começasse, porém às 5h da manhã do domingo eu recebi uma ligação desesperada em que ela dizia que alguma coisa tinha acontecido com nosso cachorro.”, continuou.

O que aconteceu foi que a noiva, de 27 anos, e suas amigas estavam distraídas divertindo-se na festa e acabaram se esquecendo do cão, e ele, solto pela casa, ingeriu uma grande quantidade de chocolate, além de bebida alcoólica que encontrou em mesinhas baixas espalhadas pela residência.

“Quando me ligou desesperada, ela estava bêbada. Disse a ela para pegar um táxi e ir correndo para o veterinário. Chegando lá, o médico explicou o que tinha acontecido: meu cachorro tinha comido um monte de tranqueira e tomado álcool.”

O rapaz confessou que a negligência da noiva e das amigas o deixou boquiaberto e que ele decidira cancelar o casamento imediatamente, para a surpresa de toda a família, que considerou sua reação exagerada.

“Todo mundo a defendeu, dizendo que o que ela fez foi um erro e que pelo menos o cachorro não morreu. Mas eu fiquei tão chateado com minha noiva que não consigo nem pensar em olhar na cara dela. Ela não tem 17 anos, tem 27!”, desabafou.

“Ela é negligente e irresponsável, e eu não quero ficar perto de uma pessoa assim e imaginar que nossos filhos podem morrer num acidente de carro algum dia porque ela se esqueceu de pôr o cinto de segurança neles ou algo assim”, finalizou.

***
Redação Conti Outra, com informações de R7.
Foto destacada: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.