Heróis da DC e da Marvel devem comandar o retorno dos grandes públicos aos cinemas

CONTI outra

Imagem de capa: Pixabay

O ano de 2020 foi marcado pelo crescimento das plataformas de streaming, que dominaram a audiência das produções audiovisuais, sejam elas filmes, séries ou até mesmo documentários. Entretanto, a indústria do cinema deve voltar com tudo nos próximos meses, e as expectativas das produtoras é que os super-heróis lideram o retorno das grandes bilheterias. Com novos filmes da Marvel e da DC agendados, como Eternals e Black Adam, a expectativa é alta para os fãs e também para os produtores.

Desde que o cinema foi dominado pelos heróis, algo que começou com o filme Homem-Aranha, do diretor Sam Raimi, em 2002, os produtores começaram a explorar todo potencial de bilheteria que essa temática carrega. O investimento em personagens da Marvel e da DC Comics, os dois maiores estúdios de HQs do mundo, atingiu cifras bilionárias e deu resultado. Por exemplo, a franquia Vingadores conseguiu mais de US$ 7 bilhões em bilheteria com os quatro filmes lançados até hoje.

Essa febre com os heróis escapou até mesmo dos cinemas, e acabou influenciando outras formas de entretenimento. Esse é o caso das plataformas de cassino online, que usam alguns super-heróis como temática para as slot machines grátis disponíveis para os jogadores. As caça-niqueis virtuais Batman Begins, Man of Steel e Legend of Loki aparecem na lista de jogos de apostas com melhor avaliação. Ou seja, até mesmo os fãs de apostas podem se divertir com a temática de super-heróis. Algo que também acontece com a indústria dos videogames, principalmente da nova geração, que possuem jogos como Batman: Arkham City e Spider-Man: Miles Morales na lista de mais vendidos.

Isso explica um pouco da confiança que os estúdios de cinema possuem na temática dos super-heróis para 2021. Por conta da crise enfrentada ao redor do mundo, as bilheterias bilionárias não aconteceram no ano passado, mas isso é algo que deve retornar nos próximos meses com a agenda de lançamentos. A programação é que, até o meio de 2022, mais de 10 produções de heróis vão chegar nas telas dos cinemas em diferentes países, inclusive no Brasil.

Marvel e DC buscam protagonismo

Assim como acontecia no passado, a Marvel Studio é a líder quando o assunto é filme de super-herói. A empresa tem algumas estreias que são amplamente aguardadas pelos fãs, principalmente quando falamos de heróis que ainda não ganharam espaço no cinema. Esse é o caso de Eternals, que marca a introdução de novos personagens no universo dos filmes. A produção está prevista para estrear no dia 5 de novembro de 2021, e conta com algumas grandes estrelas no elenco, como Angelina Jolie e Salma Hayek.

Além dessa estreia, os fãs de HQs não vão precisar esperar até o final do ano para alguma novidade. O estúdio também confirmou, para os meses de junho e julho, a chegada de dois filmes que prometem surpreender. O primeiro é o segundo longa da franquia Venom, que novamente vai contar com a participação do talentoso ator britânico Tom Hardy. A outra estreia é Shang-Chi and The Legend of the Ten Rings, que é um filme da Marvel Studios voltado para a cultura chinesa, e que procura trazer alguma diversidade aos lançamentos da produtora.

Entretanto, o mundo dos cinemas não conta apenas com a Marvel. A DC Comics tem planos para conseguir novos recordes de bilheteria, e assim disputar o protagonismo dos filmes com temática de heróis. A principal promessa é no sucesso do filme Black Adam, que contará com o astro Dwayne Johnson e tem data marcada para estreia no dia 22 de dezembro. Já em 2022, a expectativa é pelo novo filme do Batman, com Robert Pattison, que ainda não possui uma data oficial para chegar aos cinemas.
Retomada pós-crise

Apesar das perdas pela falta de público em 2020, o tempo sem grandes lançamentos não impediu a chegada de novidades. Os heróis deixaram de lado o cinema, e ganharam mais espaço nas plataformas de streaming. Na lista de séries da Netflix mais assistidas do ano passado, por exemplo, está a presença da segunda temporada de The Umbrella Academy. A produção, que tem como origem a HQ da Dark Horse Comics, contou com mais de 40 milhões de visualizações entre julho e dezembro.

Outro bom exemplo foi o sucesso de WandaVision, que estreou em janeiro deste ano na Disney Plus. A série conta com a dupla Elizabeth Olsen e Paul Bettany no papel de super-heróis, mas em uma produção que se diferencia por ter um tom mais cômico. A expectativa é que a Marvel produza novas temporadas da série.

Ou seja, a temática não perdeu espaço, e as pessoas devem retornar ao cinema para assistir as novas estreias programadas. As grandes produtoras, como a DC e a Marvel, sabem disso e vão continuar investindo para recuperar as bilheterias bilionárias que não aconteceram recentemente. Afinal, esse descanso também gerou uma saudade dos filmes de heróis nas salas de cinema, que foram a marca do entretenimento nos últimos 10 ou 20 anos.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.