Dizem que tem gente que é capaz de fazer qualquer coisa para atingir seus objetivos, pois saiba que tem bicho que também faz.

Esse é o caso do gatinho mexicano “Conejo” que, sempre que consegue driblar a família, corre para a porta do mercadinho.

Chegando lá ele observa atentamente a reação de quem chega. Se for alguém que gosta de gatos, e ele sabe muito bem quem gosta, ele joga todo seu charme. Aí então ele entra com a pessoa no estabelecimento, mantém contato visual sempre que possível para garantir que está sendo seguido, e guia a vítima até o local onde estão suas comidas prediletas.

Os donos de “Conejo” já descobriram suas artimanhas. Então, quando percebem que ele sumiu, vão diretamente ao mercadinho para resgatar o felino. Quando identificam uma pessoa recém conquistada, eles se desculpam educadamente.

“Conejo”, entretanto, evita dar esclarecimentos sobre a situação.

 

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.