Uma cena comovente registrada nesta quarta-feira (23) em Petrópolis, região serrana do Rio, representou um raro momento de alegria em meio à tragédia. Uma gatinha foi resgatada com vida dos escombros no Morro da Oficina depois de passar pleo menos nove dias soterrada devido ao deslizamento causado pela chuva na região.

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, que ainda busca sobreviventes nas áreas de deslizamento de terra em Petrópolis, foi responsável pelo resgate da gata. As imagens foram divulgadas nas redes sociais pelo governo do estado.

“Uma semana depois das chuvas que atingiram Petrópolis, o @cbmerjoficial foi surpreendido por um milagre: um gatinho, que estava soterrado no Morro da Oficina, foi resgatado com vida”, diz a publicação.

Veja o vídeo do momento do resgate:

O programa RJPet, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, dará assistência ao felino.

Segundo avaliação de especialistas, a gatinha tem aproximadamente 5 anos de idade. Apesar do resgate, o estado clínico dela é grave. A falta de água e alimentação, desencadeou problemas além das lesões no corpo.

“Temos dado todo o suporte. Por mais que os felinos sejam animais bem resistentes, no caso da Vitória – nome dado à gatinha resgatada – só pode ter sido Deus, porque um animal que fica tanto sem se hidratar e sem se alimentar pode desenvolver lipidose hepática, que é uma doença grave comum em felinos. Mas alguns resultados dos exames foram bons”, disse o veterinário Guilherme Mayorga ao Diário do Rio.

***
Redação Conti Outra, com informações de CNN e Diário do Rio.
Fotos:

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.