Garoto se despede de mãe vítima da Covid-19 por carta: “Você era a flor mais linda do meu jardim”

Genny Barbosa Lima partiu por uma infecção do coronavírus e deixou muitas pessoas para trás, uma delas foi seu filho que deixou em formato de carta o seu último adeus, que leu durante o funeral da mãe.

Ana Carolina Conti Cenciani

A pandemia de coronavírus impactou fortemente as famílias em todo o mundo. Muitos já viram seus entes queridos partir por causa da doença, mas essas mortes não são simples números, por trás de cada uma delas há uma história e pessoas envolvidas.

Genny Barbosa Lima, que possuía 50 anos, era natural de Natal, no Rio Grande do Norte. Quando ela partiu por uma infecção do coronavírus, deixou muitas pessoas para trás, e uma delas foi seu filho que deixou em formato de carta o seu último adeus, que leu durante o funeral da mãe:

“Mamãe, eu me lembro de cada segundo que passei ao seu lado, sempre enfrentando as dificuldades da vida e superando logo em seguida. Sem dúvidas você foi a pessoa mais forte que eu já conheci, pois com todos os seus problemas você sempre manteve um sorriso no rosto e cuidou de nós como se fôssemos partes de você. Você era uma mulher muito iluminada e continua sendo. Cada momento com você foi um tesouro para mim. Vai ser o maior presente, que eu vou carregar para a vida inteira. Era você que sempre quando eu acordava encantava meu dia com tudo que fazia. Me apoiava em momentos ruins, aliviava o meu estresse e ansiedade, era a flor mais linda do meu jardim”

Família Barbosa Lima

O pai de Miguel e marido de Genny, Gustavo Mariano, de 58 anos, foi os primeiros a testar positivo para o coronavírus na família. Por acompanhá-lo ao hospital, Genny também acabou se infectando.

Família Barbosa Lima

Quando Gustavo teve alta, Genny começou a piorar seu estado clínico. Dessa forma, com o passar das semanas, ela entrou e saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até que seu estado de saúde piorou gravemente. O mais difícil foi dar a notícia ao jovem filho quando sua mãe partiu.

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.