O óbito acidental da diretora de fotografia de “Rust”, Halyna Hutchins, pelas mãos do renomado ator Alec Baldwin durante as filmagens de um filme, chocou Hollywood e o mundo inteiro.

Hutchins, 42, foi atingida no peito na última quinta-feira quando Baldwin disparou a pistola de hélice – que lhe disseram que estava segura – durante as filmagens do filme no Novo México.

O óbito da profissional foi declarado no hospital horas depois.

Baldwin teria ficado “absolutamente inconsolável” após os eventos, e até mesmo suspendeu uma série de projetos para que pudesse se concentrar em si mesmo e fornecer toda a ajuda necessária na investigação.

Ele até se encontrou com a família da vítima para dar-lhes apoio neste momento. Na verdade, no último sábado, após o acidente fatal, ele foi visto saindo de um hotel e abraçando o marido de Hutchins, Matt. Ele também foi visto abraçando o filho do casal, Andros, de 9 anos, de acordo com o Daily Mail.

Matthew Hutchins, que compartilhou sua tristeza nas redes sociais após perder sua esposa, foi visto junto com sua assistente e o filho do casal, Andros, no sábado em Santa Fé. Pai e filho carregaram suas bagagens, provavelmente depois de terem deixado o hotel onde estavam hospedados.

Andros e Matthew compareceram ao funeral privado de Halyna realizado em Santa Fé na sexta-feira, com Alec Baldwin também presente. Além disso, foi divulgado que Matthew e Baldwin estiveram em contato após o acidente e que o ator tem sido “muito prestativo”, de acordo com o marido da vítima.

***
Redação Conti Outra, com informações de T13.
Foto destacada: Reprodução/AFP.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.