Quando você liga a TV e sintoniza um canal como National Geographic ou Discovery, é comum se deparar com um programa que se dedica a mostrar o cotidiano de animais selvagens em seu habitat natural. E no caso dos queridos ursos polares, é típico observar que eles vivem entre enormes geleiras, cercados de neve. Mas, um fotógrafo chamado Martin Gregus resolveu mostrar ao mundo que esses mamíferos também vivem longe do frio, e sabem muito bem aproveitar a estação mais quente do ano.

Gregus, que é fotógrafo de vida selvagem, se perguntou certa vez: “O que acontece com os ursos polares durante o verão?” Acontece que ele se recusava a acreditar que esses animais passavam o ano todo cercados apenas por gelo, então decidiu descobrir qual era a realidade.

Para isso, ele viajou para Manitoba, região do norte do Canadá, durante o verão de 2020, e também durante o verão de 2021, a fim de capturar a rotina de verão dos ursos polares durante os períodos de calor da região.

Martin Gregus descobriu que, mesmo no verão, a temperatura naquela região não costuma subir muito. No entanto, a paisagem era completamente diferente, com muitas flores, lagos cristalinos e dias claros, ao contrário do cenário clássico de ursos polares flutuando em pedaços de gelo até o meio do pólo ártico.

Em 33 dias no local, Martin conseguiu fotografar majestosos ursos polares brincando em campos de flores, tirando sonecas na grama verde e até se refrescando em um lago.

No tempo em que esteve no lado ártico, o fotógrafo aperendeu a diferenciar cada urso que vive no local. Ele deu um nome para cada um dos animais.

As ursas no lago foram batizadas de Veronica e Betty, enquanto o macho que dormia no prado foi apelidado de Cerberus. Finalmente, há Aurora, a ursa carinhosa que protegeu seus filhotes durante todo o verão.

Graças a Martin Gregus, muitas pessoas puderam saber que os ursos polares não vivem só entre gelo e paisagens cinzentas. Eles também aproveitam o verão; e são especialmente cativantes quando estão entre as flores.

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: Martin Gregus/ National Geographic.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.