Na quinta-feira (10), o menino Bruninho, filho do goleiro Bruno Fernandes e da modelo Eliza Samúdio, irá completar 12 anos. Segundo Sônia Moura, avó materna do garoto, o neto nunca recebeu pensão alimentícia do pai, que foi condenado a 22 anos e três meses por ter tirado a vida da modelo.

Eliza Samúdio desapareceu quando seu filho tinha apenas 4 meses. O corpo de Eliza nunca foi encontrado. Na época do crime, o bebê chegou a ser sequestrado e mantido em cárcere privado. Depois de ser resgatado, a avó materna ficou com a guarda do menino.

“Ele [goleiro Bruno] nunca demonstrou nenhum interesse em se aproximar, em saber se [Bruninho] está vivo ou morto, em que situação em que está”, revelou Sônia em entrevista ao G1. Segundo a avó do garoto, o processo judicial sobre a pensão alimentícia ainda está em aberto.

Sônia ainda falou sobre o futuro. “Me sinto entristecida pelo que ele fez com a Eliza… E está refazendo a vida dele. Mas que Deus o abençoe, que ele refaça a vida dele mesmo, porque ele vai ter que pagar a pensão do filho”, diz a avó de Bruninho.

Atualmente, Bruno cumpre a sentença em regime aberto e abriu uma lanchonete para vender açaí na periferia de São Pedro da Aldeia (RJ). A inauguração do empreendimento ao lado de outros sócios aconteceu na última sexta-feira (4). Ele também renovou o contrato com a equipe do Cruz Azul, time amador de São Pedro da Aldeia.

Em novembro do ano passado, Bruno chamou atenção da mídia novamente ao comprar um carro Kia Sorento 2013 avaliado em R$ 80 mil. De acordo com o jornal Extra, a empresa chegou a publicar o acerto com Bruno, mas excluiu a foto em que aparecia o goleiro, a mulher Ingrid Calheiros e a filha dos dois.

***
Redação Conti Outra, com informações da revista Isto É.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.