Filha de Rodrigo Constantino se diz abalada após fala polêmica do pai sobre o caso Mari Ferrer

O jornalista Rodrigo Constantino comentava o caso Mari Ferrer em uma live, quando disse que, caso o episódio de estupro tivesse acontecido com sua filha, ele não denunciaria para polícia e ainda a deixaria de castigo. A filha se manifestou sobre o caso.

REDAÇÃO CONTI outra

Laura Constantino, filha do jornalista Rodrigo Constantino, usou suas redes sociais para fazer um desabafo após a repercussão negativa de um comentário feito pelo pai em uma live. O jornalista tecia comentários sobre o caso Mari Ferrer, quando disse que, nas nas circunstâncias em que o crime de estupro ocorreu, caso o episódio tivesse acontecido com sua filha, ele não denunciaria para polícia e ainda a deixaria de castigo.

Nítidamente abalada, a jovem gravou um vídeo em que finalmente se manifesta sobre a polêmica.

“Eu fiquei muito na dúvida se gravava um vídeo ou não, porque não gosto de me envolver em polêmica, mas eu recebi muitas mensagens hoje de amigos e pessoas que não conheço falando sobre o que aconteceu em relação ao meu pai, e realmente me deixou muito abalada”, começou Laura.

“Ele falou que se a filha dele, que sou eu, fosse estuprada, que não iria denunciar o crime, que ele iria me colocar de castigo. Isso me afetou muito, porque eu conheço o meu pai, eu sei que é uma pessoa que tem caráter, que é contra o estupro, como qualquer pessoa que tem caráter é”, afirmou a jovem.

Laura ainda fez questão de afirmar que tem certeza de que o pai ficaria do lado dela em uma situação como essa, diferente do que disse na live. “Ele iria atrás de quem cometeu esse crime, denunciaria essa pessoa, porque qualquer pessoa, qualquer pai que tem caráter iria fazer isso, uma pessoa boa iria fazer isso”, pontuou a jovem.

“Ter que ler uma coisa assim do meu pai realmente me abalou muito”, repetiu a jovem. “Eu só precisava falar isso, porque ter que ler tanta gente falando que eu tenho um pai que é a favor do estupro e coisas assim não tem como, porque eu sei que ele não é isso”, completou.

Depois da imensa a repercussão negativa do comentário de Rodrigo, a rádio Jovem Pan anunciou sua demissão. Nas redes sociais, ele alegou que houve uma distorção da sua fala e criticou a pressão das redes sociais sobre a emissora.

“Vcs venceram uma batalha, parabéns! A pressão foi tão grande sobre a Jovem Pan, DISTORCENDO CLARAMENTE MINHA FALA, que não resistiram. Não os culpo. É do jogo. Quem me conhece e quem viu de fato sabe que eu jamais faria apologia ao estupro! Mas desde já estou fora da Jovem Pan”, disse.

“Sou muito grato por tudo que a Jovem Pan fez, pelo espaço livre, pela confiança. Foi um período de trabalho intenso, muitas conquistas e crescimento”, finalizou Constantino.

***
Redação Conti Outra, com informações de Isto É.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.