Filha de 6 anos de George Floyd diz: ‘Papai mudou o mundo’

Aos seis anos, Gianna Floyd perdeu o pai abruptamente e de forma violenta. Mas algo a conforta neste momento de tristeza. “Papai mudou o mundo”, disse a garotinha com um sorriso no rosto.

REDAÇÃO CONTI outra

A pequena Gianna Floyd, de apenas seis anos, terá que passar a vida sem seu pai, George Floyd, mas tem em mente algo que a conforta em dias tão difíceis – que seu pai mudou o mundo. “Papai mudou o mundo”, disse a garotinha com um sorriso no rosto enquanto se sentava sobre os ombros do ex-jogador de basquete da NBA Stephen Jackson.

Jackson, um amigo próximo que considerava George Floyd um irmão, postou um vídeo do momento em seu feed do Instagram.

Floyd faleceu em 25 de maio pelas mãos da polícia de Minneapolis. Um oficial ajoelhou-se em seu pescoço por quase nove minutos.

O vídeo do incidente provocou protestos. Manifestações de solidariedade surgiram de costa a costa e em todo o mundo.

Lugares como Reino Unido, França, Austrália e Irã cantaram o nome de Floyd. A mãe de Gianna, Roxie Williams, caiu em prantos na terça-feira enquanto pensava nos principais momentos da vida que Gianna não poderá compartilhar com o pai.

“Ele nunca a verá crescer, se formar. Ele nunca a assistirá andar pelo corredor. Se houver um problema e ela precisar de um pai, ela não terá mais isso”, disse Williams.

Mesmo assim, o ex-astro da NBA prometeu fazer as vezes de pai substituto pára a filha do seu amigo sempre que ela precisar.

“Há muitas coisas que você disse que ele não estará presente, mas eu estarei lá”, Jackson prometeu a Williams. “Eu vou levá-la até o corredor.”

***

Redação CONTI outra. Com informações de Fox 5

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.