Falece aos 77 anos o ator Cecil Thiré. Ele enfrentava dura batalha contra doença

Cecil Thiré era filho da também atriz Tônia Carrero e deixou sua marca na teledramaturgia brasileira interpretando inúmeros personagens importantes em novelas.

REDAÇÃO CONTI outra

Foi anunciado nesta sexta-feira (9) o falecimento do ator e diretor Cecil Thiré, um dos nomes mais emblemáticos da TV brasileira. Ele enfrentava há anos uma dura batalha contra o mal de Parkinson.

Cecil Thiré era filho da também atriz Tônia Carrero e deixou sua marca na teledramaturgia interpretando inúmeros personagens em telenovelas. Seu primeiro trabalho foi em 1967, na novela Angústia de Amar.

Ele participou ainda das bem-sucedidas O Espigão, Escalada, Duas Vidas, Sol de Verão e Champagne. Já na década de 80, fez bastante sucesso nas novelas Roda de Fogo, em que interpretava Mário Liberato, e Top Model, na pele do vilão Alex Kundera.

Outro personagem marcante do ator foi o serial killer Adalberto Vasconcelos, na trama policial A Próxima Vítima, de Silvio de Abreu, que parou o Brasil com um instigante mistério.

O último trabalho de Cecil Thiré como ator foi em 2012, na novela Máscaras, da Record, em que dava vida ao personagem Eduardo Sotero.

Cecil faleceu em sua casa, no Humaitá, no Rio de Janeiro (RJ), em virtude das complicações do Mal de Parkinson. Ele deixa a esposa, Nancy Galvão, e quatro filhos: Miguel Thiré, Carlos Thiré, Luísa Thiré e João Cavalcanti Thiré.

***
Redação CONTI outra. Com informações de TV História

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.