‘Fadas do vinho’ têm oferecido bebidas e guloseimas a vizinhos durante a quarentena para fazê-los sorrir

Essas mães queriam levar alegria a seus vizinhos durante a quarentena, então resolveram se vestir de fadas e entregar vinhos e guloseimas nas portas das casas. Elas deixam o presente e correm para se esconder.

REDAÇÃO CONTI outra

Com o intuito de alegrar as pessoas durante a pandemia de COVID-19, um grupo de benfeitoras anônimas conhecido como “Fadas do Vinho” têm deixado bebidas e guloseimas nas portas das pessoas.

As fadas coletam os endereços dos amantes de vinho em suas comunidades e perguntam quais variedades de vinho eles preferem receber. Os membros – vestidos com asas, tutus e varinhas mágicas – andam na ponta dos pés até a porta das pessoas, colocam seus presentes nas escadas, tocam a campaínha e correm para se esconder.

“Trata-se de trazer felicidade aos outros e fazer novos amigos”, disse Cara Rindell, 40 anos, que criou a iniciativa em sua comunidade. “Começa como um ato aleatório de bondade para com um estranho e se torna uma amizade com o vizinho que você nem sabia que tinha.”

O grupo das Fadas do Vinho na Carolina do Norte já reúne mais de 51.000 membros e tem mais 3.000 na lista de espera.

“Era para ser apenas na minha comunidade, mas agora estamos em dez estados, na esperança de finalmente entrar em todos os 50 estados”, disse Cara. “Chamamos de Irmandade do Vinho Viajante, mas o grupo é misto e não se trata apenas de vinho.

 

Queremos, eventualmente, incluir crianças e até os avós.”

Cara Rindell agora está expandindo e criando versões alternativas do grupo, incluindo a “Irmandade da bebida e da cerveja”, para os homens, e uma versão não alcoólica para crianças.

Após a pandemia, ela espera expandir a ideia para encontros sociais maiores e pessoalmente.

“As linhas de cruzeiro estão me procurando com a intenção de fazer um cruzeiro para a irmandade”, disse Rindell. “Esse grupo começou durante o COVID-19, mas não vai parar depois que tudo isso passar. Acho que sempre precisamos espalhar bondade e alegria.”, finalizou Cara.

***

Redação CONTI outra. Com informações de goodnewsnetwork

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.