Facebook procura proibir a venda de todos os tipos de animais em sua plataforma. Eles querem protegê-los

Porque quando alguém escolhe comprar um animal, essa pessoa está endossando os maus tratos de centenas de cães que são reproduzidos repetidas vezes para ganhar dinheiro. Mais medidas como essa são o que precisamos. E se você souber de algum anúncio de venda na rede, denuncie.

CONTI outra

Eu nunca me canso de repetir, mas se vocês realmente amam animais, a melhor opção é adotar um animal de estimação em vez de comprá-lo. Aqueles que vendem animais geralmente têm incubadoras ou fazendas de filhotes, onde eles forçam as fêmeas a engravidar de novo e de novo sem descanso apenas para conseguir dinheiro.

Por mais que eles amem aquele filhote que estão comprando e lhe deem a melhor vida possível, sua mãe sofreu anos para que eles pudessem tê-lo.

É por isso que o Facebook quer proibir a venda de animais em sua plataforma, para tentar diminuir – até um pouco – a exploração animal.

A plataforma está implementando novas políticas comerciais nas quais elas restringem o suficiente que tipo de coisas as pessoas podem publicar em seus perfis, páginas ou grupos.

Uma delas é excluir qualquer postagem relacionada à venda de animais, mas não nos casos de adoção de animais de estimação.

Mas há algo muito importante relacionado a isso, para que funcione, temos que dar o primeiro passo.

Porque, embora o Facebook esteja tentando treinar seus algoritmos para detectar esse tipo de post, assim como as notícias falsas, não é tão simples.

Então, a melhor coisa que eles podem fazer para impedir a venda de animais é reportar toda vez que se depararem com um post desse tipo.

Não vai demorar mais do que alguns minutos e pode ajudar muito a parar com isso, pelo menos um pouco.

Tradução por A Soma de Todos os Afetos do site UPSOCL
Imagem de capa: Pexels

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.