Ex-catadora de lixo ajudada por Giovanna Antonelli hoje é dona de bufê e dará à neta o nome da atriz

“Quero mostrar para Giovanna que, graças ao empurrão que ela me deu, a vida me deu muitas oportunidades. Ela mudou minha vida completamente.", afirma Cris Andrade.

REDAÇÃO CONTI outra

Em 2004, a imprensa especializada em acompanhar a vida das celebridades elegeu como uma de suas personalidades favoritas alguém que até então estava pouco ou nada acostumada aos holofotes, a jovem Cris Andrade, então com 22 anos. O fascínio da mídia e do público pela moça tinha uma razão bem simples, sua história de vida fazia lembrar o mais famoso dos contos infantis, a Gata Borralheira. Para tornar a história ainda mais apetitosa, a fada madrinha desta Cinderela moderna era ninguém menos que a atriz Giovanna Antonelli, já bastante famosa à época.

Tudo começou quando Antonelli esteve no Lixão de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, para gravar uma sequência de cenas da novela Da Cor do Pecado, que protagonizava ao lado de Taís Araújo e Reinado Gianecchini. Na ocasião, a atriz ficou bastante impressionada com a beleza e o porte de Cris Andrade, que trabalhava catando lixo no local. Foi aí que ela teve a ideia de transformar a jovem alta e esguia em uma modelo de passarela.

Com o incentivo e o apoio da atriz, Cris foi contratada por uma agência de modelos de São Paulo e fez sua estreia nas passarelas. A partir daí, a história se tornou pública e a jovem nunca mais foi a mesma. Ela deixou seus dias de catadora para trás e passou a ter acesso a oportunidades com as quais apenas sonhava.

Hoje, 16 anos depois, Cris não atua mais como modelo. Ela conta que prosperar no mundo da moda é complicado se você não tiver alguém que invista em sua carreira. “Eu já tinha 22 anos na época, e ficava esperando para ser chamada para trabalhos. Mas não sou uma pessoa frustrada por isso”, diz ela.

Cris acabou encontrando satisfação profissional e estabilidade financeira em outro ramo. Ela hoje é dona de um bufê com vários funcionários, é mãe de dois filhos, um de 12 e outro de 19, que será papai em breve, e se diz “muito feliz”.

Ela conta ainda que é grata à atriz por ter transformado sua trajetória. “Quero mostrar para Giovanna que, graças ao empurrão que ela me deu, a vida me deu muitas oportunidades. Ela mudou minha vida completamente. Ela não tem noção de quanto me ajudou”, afirma Cris, hoje com 39 anos, citada pela atriz numa recente entrevista com Pedro Bial: “Não tenho mais contato com ela, mas nunca vou esquecê-la. Vou batizar minha primeira neta, que nasce em janeiro, com o nome de Giovanna”.

A história da Cris nos mostra que às vezes alguém só precisa de um incentivo. Que tal também tentar fazer a diferença na vida de alguém?

***
Redação CONTI outra. Com informações de Extra

Imagens: reprodução Extra

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.