Ex-bailarina com Alzheimer dança novamente após ouvir “Lago dos cisnes”.

O Alzheimer pode custar muito a uma pessoa e seus entes queridos, mas algumas memórias estão tão arraigadas em nossas mentes que nunca vão nos deixar totalmente.

CONTI outra

O Alzheimer pode custar muito a uma pessoa e seus entes queridos, mas algumas memórias estão tão arraigadas em nossas mentes que nunca vão nos deixar totalmente.

Em sua juventude, Marta C. Gonzalez foi uma bailarina talentosa que dançou em muitos palcos ao redor do mundo. Na década de 1960, ela foi até a primeira bailarina do New York Ballet!

Antes de falecer em 2019, Marta desenvolveu o Alzheimer e vivia em um centro de saúde em Valência, Espanha. Suas memórias foram em grande parte perdidas com o avanço da doença, mas quando uma instituição de caridade espanhola chamada ‘Música para Despertar’ a visitou, eles ficaram maravilhados ao ver memórias latentes de sua gloriosa carreira ressurgir diante de seus olhos.

Através de fones de ouvido, eles a fizeram ouvir “Lago dos Cisnes” de Tchaikovsky. Ao ouvir a melodia familiar, seus braços se ergueram – quase por conta própria – e fluíram lentamente através dos movimentos como se ela tivesse acabado de se apresentar naquele mesmo dia. Balançando os braços, Marta deixou clara sua paixão pelo ofício, e é de tirar o fôlego!

A música tem uma capacidade poderosa de trazer de volta até a memória mais distante. Assista ao lindo momento no vídeo abaixo e não se esqueça de compartilhar essa história.

***
Redação Conti Outra, com informações de Inspire More.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.