Eu não sou romântico. Eu sou recíproco.

Eu não sou romântico. Eu sou recíproco. Talvez soe provocador para você, mas o meu coração merece o melhor tratamento possível. Se fosse o contrário, você não gostaria do mesmo?

Guilherme Moreira Jr.

Eu não quero iludir ninguém, então é melhor que você e qualquer outra pessoa saiba logo de cara como funciona o meu coração. Não espere de mim esse romantismo moldado pelo cinema, mas você pode ter certeza que a minha parceria será real, honesta e transbordante em bons sentimentos.

Eu gosto de conversar, de fazer planos e correr atrás de realizá-los. O meu coração não vive de promessas. Só uma quando sei que vou cumprir e só peço que prometam se o objetivo for o mesmo. Porque eu já não tenho essa inocência de achar que quando o amor cruza com a gente, ele vai fazer tudo sozinho e ficaremos de braços cruzados na espera dele resolver as coisas.

Eu quero aventura e sossego e é justamente por esses motivos que treinei o meu coração há muitos desencontro atrás, em reparar quando alguém quer se entregar pra valer ou quando é só pra deixar rolar e ver no que vai dar. Eu também curto esses momentos, não estou buscando o tempo inteiro o amor da minha vida – porque eu sou ele. O amor que vem depois é companhia e soma pra felicidade. Logo, a minha carência não me cega nesse sentido.

O que me leva a ser recíproco sempre e romântico nunca. O romantismo é dar voltas e uma manipulação de sentimentos. Você dá um presente, você faz uma surpresa, tudo de caso pensado, tudo na espera de um resultado favorável. Mas quando o caso é ser recíproco, é disso que as pessoas têm medo. Porque o recíproco acontece naturalmente, sem pressão mas ao mesmo tempo baseado no tratamento que te envolvem. Não há segredos, atalhos, mentiras. É ali e no agora. É coração ou nada.

Eu não estou me colocando como o melhor par do mundo e ou sequer cogitando uma perfeição da minha parte. Estou simplesmente sendo honestidade quando o assunto é me relacionar com alguém, no nível e no grau que for. Tempo eu já não perco mais com meios amores, meias verdades e meios carinhos. Eu não ofereço migalhas e ausências. Portanto, nada mais justo do que receber o mínimo de ternura em troca.

Eu não sou romântico. Eu sou recíproco. Talvez soe provocador para você, mas o meu coração merece o melhor tratamento possível. Se fosse o contrário, você não gostaria do mesmo?
***

Imagem de capa meramente ilustrativa

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Guilherme Moreira Jr.
"Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro"