Eu apenas sei que essa saudade vai transformar o mundo

Uma hora essa saudade vai reverter a situação em que estamos. Porque não tem como viver sem abraçar, sem beijar, sem estar perto de quem amamos.

Guilherme Moreira Jr.

Mas para essa saudade ter a oportunidade de ser saciada, antes temos que insistir nas mudanças. Na revolução dos nossos sentimentos e em como os encaramos. Também precisaremos dar mais valor ao tempo, fazendo com que cada experiência e afeto conte. Eu tenho certeza que sairemos dessa humanos melhores, e não melhores humanos.

Ainda iremos encontrar força para sorrir, para admirar, para contemplar o que realmente importa. Tudo com a sua devida calma e proporção, mas sem dúvida alguma embutida de mais honestidade e entrega.

Não há volta para quem éramos. Já somos diferentes em tudo, é apenas uma questão de olharmos para dentro de nós e repararmos. E o que faremos com essa tal complexidade que tem vocação para simplicidade? Podemos definitivamente transformar o mundo.

Creio que ninguém vai se incomodar de a saudade ser distribuída de porta em porta, de janela em janela, de sacada em sacada, de uma calçada pra outra. A saudade vai invadir e permanecer em todos lugares, mas com a nossa assinatura, com a nossa energia.

Saudade é o que faz transbordar a nossa melhor versão. É o que vai tirar todos nós do lugar comum para repensarmos correntes filosóficas e emocionais, estilos de vida, atitudes diárias. É o que vai no colocar bem pertinho de instantes inesquecíveis, de passagens e paisagens incríveis. Só depende de cada um de nós.

Eu apenas sei que essa saudade vai transformar o mundo, nem que seja o meu. Aliás, ela já transformou. Ela está acesa e enchendo como nunca tinha sentido. Uma hora eu vou transbordá-la com quem amo e será o dia mais feliz da minha vida. Daí o meu mundo terá dado início a mais um ciclo de evolução.

***
Photo by Josue Escoto on Unsplash

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Guilherme Moreira Jr.
"Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro"