Uma estudante de medicina foi afastada do estágio na Unidade Mista Dr. José Carlos Gusmão, no município de Marechal Deodoro, no Alagoas, depois de ironizar o óbito de uma paciente nas redes sociais. O episódio ocorreu nesta terça-feira (8).

A jovem, que não teve sua identidade revelada, publicou nos stories da sua conta no Instagram uma foto que exibe o nome da paciente, junto da mensagem: “Faltando 10 min para minha hora de dormir, chega mulher infartando e com edema agudo no pulmão e agora já passou 1h30 da minha hora de dormir. Tô puta”.

Momentos depois ela fez outra postagem informando que a paciente tinha falecido e revelando que não tinha conseguido dormir.

Os stories publicados pela estudante de medicina começaram a circular em grupos de Whatsapp, nos quais ela foi bastante criticada pela insensibilidade e exposição da paciente, até que as publicações chegarem à direção do curso de Medicina onde ela está matriculada.

Por meio de uma nota nas redes sociais, o Centro Universitário Cesmac afirmou ter iniciado um processo administrativo para investigar o caso. Segundo a universidade, a aluna cursa o nono período do curso de Medicina na instituição e cumpria estágio no regime de internato em uma unidade de emergência.

Ainda de acordo com a nota, a estudante foi afastada de suas atividades acadêmicas na universidade e pela Secretária de Saúde de Marechal Deodoro.

***
Redação Conti Outra, com informações de O Globo.
Fotos: Reprodução/Redes Sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.