Este homem já salvou a vida de mais de 95 mil crianças que resgatou das ruas e de lixões

“A melhor recompensa pelo meu trabalho é a satisfação de ver que tantas crianças que foram resgatadas hoje são adultos com vidas de sucesso. Meu orgulho é saber que essas crianças tiveram a oportunidade de reconstruir suas vidas e encontrar seu próprio caminho”, disse 'Papai Jaime', como é chamado pelos pequenos.

CONTI outra

Jaime Jaramillo é um colombiano que se dedicou nos últimos anos a resgatar milhares de crianças carentes em seu país. Sua missão teve início depois que ele testemunhou um acidente fatal em 18 de dezembro de 1973, “Eu estava andando em uma rua de Bogotá quando uma caixa de boneca foi jogada de um veículo. Naquele momento pude ver uma garota que pulou na estrada para buscá-la, mas quando ela chegou, um caminhão passou e a atropelou”. E acrescentou que, ao ver a menina perder a vida de forma tão abrupta, ficou “petrificado e me senti tão vazio quanto aquela caixa de bonecas; e naquele momento entendi que minha missão era fazer algo por aquelas crianças”.

Esse acontecimento traumático fez com que Jaime, engenheiro geofísico de profissão, decidisse mudar de vida e abrisse uma organização chamada Fundación Niños de los Andes, que funciona como um espaço de proteção às crianças em situação de vulnerabilidade.

Desde então, Jaime já resgatou mais de 95 mil crianças que sobreviveram entre esgotos e lixões, que agora graças à sua fundação têm oportunidades de seguir em frente com uma vida justa e feliz, seguindo os princípios do respeito aos direitos universais de toda criança.

‘Papa Jaime’, como tem sido carinhosamente apelidado pelas crianças, está muito feliz pelo seu apoio social e considera que o mais gratificante é ver o impacto que a sua ajuda tem nas vidas dos pequenos.

Diante disso, ele comentou em entrevista: “A melhor recompensa pelo meu trabalho é a satisfação de ver que tantas crianças que foram resgatadas hoje são adultos com vidas de sucesso. Centenas deles são profissionais que ajudam outras pessoas em situações semelhantes. Meu orgulho é saber que essas crianças tiveram a oportunidade de reconstruir suas vidas e encontrar seu próprio caminho ”.

***
Redação Conti Outra, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.