Essa mulher trocou as grades de seu jardim por cercas que ela mesmo tricotou. O resultado é lindo!

As cercas agora tem sua beleza única. Muita criatividade!

Ana Carolina Conti Cenciani

As pessoas que gostam de artesanato sabem que sempre é possível explorar um pouco mais, a técnica, acompanhada do amor pela arte rendem ideias inovadoras e nunca feitas antes. Esse é um exemplo bem claro disso!

Essa ideia foi desenvolvida por uma mulher na Escócia que levou seu amor ao tricô para o último nível, não apenas fazendo lindos agasalhos, mas também cercas para seu jardim que antes não era exposto. A ideia dela foi justamente, mostra-lo da maneira mais bonita possível.

Seu nome é Anne Eunson e já se tornou famosa em seu bairro por conta de sua grande invenção. A cerca foi feita 100% pelas mãos de Anne e circunda todo o pátio da casa dela. Foram usadas diferentes técnicas de tecelagem e agulhas gigantes que a ajudaram durante todo o processo.

Anne é costureira por profissão e tem ideias ótimas. Com as técnicas e os padrões certos, Anne começou a tecer com suas enormes agulhas com muita dedicação, onde seus principais materiais eram cabos e corda preta forte, como os usados para criar redes de pesca.

Mesmo parecendo ser um processo muito longo, Anne contou ao jornal de sua cidade que levou apenas três semanas para tecer rendas suficientes para poder cercar o jardim de sua casa.

Graças à sua engenhosidade, várias associações escocesas entraram em contato com ela para lançar várias iniciativas culturais. De fato, no Museu Gremista, ela já foi convidada a reproduzir sua famosa cerca.

Anne Eunson não só foi prestigiada em seu país, mas também apareceu na revista Vogue, a qual divulgou a grande criação que Anne alcançou em seu quintal. Além disso, destacam que poderia ser uma criação ecológica, pois abandona o uso de fios, ferro ou tijolos, para elementos menos poluentes.

 

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.