Uma mulher viralizou nas redes sociais após fazer um post contando que comprou um biquíni pela internet e o marido pensou que o cartão de crédito dele tivesse sido clonado e usado em uma casa de prostituição. O que causou o mal entendido é o fato de a loja, que fica em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia, se chamar “Garota de Luxo”. A compradora vive no Rio de Janeiro.

“Comprei biquíni na internet com o cartão do meu marido e daqui a pouco chega o dono do cartão esbaforido do nada: ‘Estou achando que clonaram meu cartão e foram em um *** [casa de prostituição]. Gastaram meu cartão numa tal de Garota de Luxo, em Anápolis’”, escreveu a cliente Ked Souza no post.

Ked completou dizendo que, após o mal entendido, teve a “crise de riso ano”. A publicação foi feita na sexta-feira (14) e, até as 20h desta segunda-feira (17), já somava mais de 41 mil curtidas e mais de 1,4 mil compartilhamentos.

Ked contou ao g1 que fez a compra com o cartão do marido porque cancelou todos os cartões de crédito dela. No dia, ela disse que pesquisou por “biquíni vermelho” na internet e encontrou a loja. Depois que ela fez o pagamento, o esposo recebeu um SMS avisando da compra.

“Meu marido estava trabalhando e o cartão dele é salvo na minha conta. Comprei nesse horário, quase 2 da manhã, e ele chegou em casa em torno de 30 minutos depois. O banco enviou o SMS para ele”, contou.

Ainda segundo Ked, quando seu marido chegou, foi direto até ela, que estava vendo TV, e avisou que estava achando que o cartão tinha sido clonado.

“Ele falou ‘recebi SMS, meu cartão foi usado numa tal Garota de Luxo de Anápolis’. Eu chorei de rir e falei ‘fui eu, garoto, comprei biquíni’. Aí ele caiu na risada também, mas estava esbaforido e apavorado”, lembra
Ked contou ainda que teve mais de 1 milhão de impressões no post e que ficou surpresa com a repercussão.

“Eu ri muito e no dia seguinte compartilhei no Twitter. A repercussão me espantou bastante”, contou.

***
Redação Conti Outra, com infromações do g1.
Imagem de capa: Montagem/g1 e Reprodução/redes sociais.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.