Essa cena aconteceu na última Festa do Líder do Big Brother Brasil 2022, na quarta-feira (23), e causou revolta no público do reality. A participante do pipoca, Eslovênia, durante uma conversa com Lina, do camarote, tentou tapar a boca da artista que desabafava.

Foto: Reprodução Globo

A imagem repercutiu muito nas redes sociais e vem sendo pauta para discussões como o silenciamento de pessoas transsexuais. A cena aconteceu depois que Lina se sentiu ofendida por Lucas ter errado o pronome ao se referir a ela. Durante a festa, o brother se referiu à cantora no masculino ao usar o termo “Vocês dois” para chamar ela e Natália.

O que o público comentou também, foi o fato de que a cena não foi mostrada na edição do programa. Logo depois do ocorrido, Lina ficou magoada e chegou a desabafar com Jessilane. Alguns minutos depois, Eslovênia foi conversar com a cantora e relembrou a vez em que ela mesma errou o pronome da sister.

Eslovênia iniciou a conversa, mas rapidamente foi interpelada pela artista. “Você está tentando aliviar a dor dele”, disse Lina que, em seguida, teve sua boca tapada pela participante. Irritada, Lina tirou a mão da sister da boca e falou: “Não tapa a minha boca! Você já sabe o quanto eu chorei?”, questionou.

“Não. Você sabe o quanto eu chorei quando eu errei [o pronome]? Vou repetir, eu sei que faz tempo, sei que eu aprendi, mas eu fiquei muito mal”, disse Eslovênia.

“Cada vez que fazem isso, é como se ignorasse a minha existência. Você sabe o que é isso? Talvez você saiba se você olhar pra mim. Pra mim. Eu estou te pedindo só olha pra mim e não tente amenizar a dor de nenhuma outra pessoa. Olha pra mim, percebe que eu estou morrendo? Diante dos seus olhos.”, desabafou Lina.

Confira o registro do momento:

Com informações de Catraca Livre

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.