Uma imagem tocante tomou conta das redes sociais nos últimos dias. Em uma foto, que foi compartilhada centenas de milhares de vezes, um homem é visto trabalhando como entregador levando a uma criança na garupa. O homem em questão é o paraense Alessandro Magno, de 25 anos. Ele, que é mais um entre os brasileiros que perderam o emprego durante a pandemia de coronavírus, passou a fazer entregas para conseguir sustentar sua família. Sem ter com quem deixar a filha Rayna Vitória, de 4 anos, ele leva a pequena na bicicleta para trabalhar nas ruas de Belém, no Pará.

Entrevistado pelo G1, Alessandro contou que ficou desempregado quando o restaurante em que trabalhava como auxiliar de cozinha faliu. Desde então, a única renda da família ficou sendo a da esposa, que trabalha em um supermercado.

“Eu cheguei em casa e disse: ‘Amor, tô desempregado. Bora orar pra nada nos faltar. Você não pode ficar desempregada”, relata Alessandro, que ficou responsável por cuidar da filha para que a mulher pudesse trabalhar.

Ele conta ainda que costuma fazer as entregas pelo período da manhã, em que há mais pedidos por causa da hora do almoço.

“Foi a forma que achei de ajudar em casa para não faltar nada pra minha filha”, diz Alessandro.

A foto de Alessandro e da filha no trânsito de Belém foi feita em 22 de julho, mas viralizou recentemente nas redes sociais. Na internet, o alcance da imagem foi tanto que rendeu ao rapaz doações e entrevistas de emprego na capital paraense. Além disso, uma “vaquinha” virtual foi feita para arrecadar doações para Alessandro e sua família.

“Quero agradecer a todas as pessoas que estão me oferecendo ajuda. Uma moça da Inglaterra me ofereceu ajuda e depositou dinheiro. Fui chamado para fazer entrevistas de emprego”, relata.

Ele diz que o dinheiro das doações será utilizado para comprar alimentos para a filha, construir sua casa e guardar o restante para investir no futuro de Ana Vitória.

“Nunca esperava essa repercussão. Deus me honrou por ser um cara honesto e trabalhador. Tenho o sonho de ver me filha se formar”, disse Alessandro.

***

Imagem de capa: Alessandro Magno leva a filha para trabalhar fazendo entregas em Belém. — Foto: Reprodução Redes Sociais

Redação CONTI outra. Com informações de G1

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.