Enfermeiro se veste de Papai Noel e visita bebês prematuros. Amor em tempos difíceis.

“Dava para ver que eles sorriam sob as máscaras, tudo o que pode trazer algum tipo de normalidade e luz a essas famílias é um presente de Deus. Isso faz uma grande diferença em suas vidas.”, conta o enfermeiro sobre a reação dos pais.

Ana Carolina Conti Cenciani

Jason Yakes, enfermeiro da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital Infantil Helen Devos, em Michigan, fez uma visita especial aos bebês prematuros que tiveram que ficar no hospital no dia de natal. Por isso, ele foi vestido de Papai Noel.

Os bebês, que estão sob vigilância médica devido ao seu estado de saúde, passarão o primeiro Natal no hospital. É por isso que Yakes queria dar amor e alegria aos pais e às crianças.

Para realizar este ato de gentileza, o enfermeiro se preparou previamente. Ele lavou e higienizou as mãos, colocou a máscara e limpou o terno vermelho do Papai Noel de uma maneira especial.

Spectrum Health

“Como você sabe, essas mães e pais não poderão levar seus bebês para casa.”, conta Yakes, de 48 anos ao Today.

Para Yakes, o melhor momento do dia foi ver a empolgação dos pais em vê-lo vestido de Papai Noel. Eles choraram de felicidade e ficaram muito gratos.

Spectrum Health

“Dava para ver que eles sorriam sob as máscaras, tudo o que pode trazer algum tipo de normalidade e luz a essas famílias é um presente de Deus. Isso faz uma grande diferença em suas vidas.”, conta o enfermeiro sobre a reação dos pais.

Jordan Sellars, mãe de um dos bebês em observação no hospital, agradeceu ao profissional da saúde e a todos que lá trabalham. Já uma mãe de gêmeos de duas semanas, Roman e Milo, descreveu o evento como “um dia especial”. É uma memória que eles guardarão para o resto da vida.

Spectrum Health
Spectrum Health

Apesar das circunstâncias e de um ano estranho para todos devido à pandemia, o primeiro Natal dos seus pequenos será inesquecível e eles o recordarão para sempre. As famílias agradecem o nobre gesto do enfermeiro e partem com o coração cheio de amor.

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.