O empresário Vinícius Cussolin foi vítima de um “golpe do amor” em São Paulo e foi mantido em cativeiro por 28 horas. Ele relata um prejuízo de aproximadamente R$ 200 mil após ser vítima de um falso encontro amoroso com uma mulher que conheceu pela internet.

O empresário conta que, antes do encontro, chegou a fazer chamadas de vídeo com a mulher para assegurar-se de que encontraria a pessoa com quem conversava. No local e horário marcados, a mulher surgiu com uma amiga. A vítima “se empolgou” e aceitou o convite das duas para irem a uma festa. Mas tudo fazia parte do plano da quadrilha. Vinícius foi rendido por cinco criminosos armados e levado a um cativeiro.

“Amarraram minhas mãos, me colocaram dentro de outro carro, que me levou até o cativeiro. Era um quarto pequeno, tinha um colchonete fino. O lugar era pequeno, sujo e fedido”, relatou o empresário. O cativeiro ficava no Jaçanã, na zona norte de São Paulo.

Vinícius diz ter sido ameaçado com três armas o tempo todo. Os criminosos diziam que iriam atirar num joelho dele caso ele errasse as senhas bancárias. Foram realizadas transferências por Pix e TED, além de compras com cartão de crédito. Os criminosos também levaram o veículo da vítima, que não tinha seguro. O empresário foi deixado em um matagal, e a polícia está à procura de pistas dos criminosos. O caso está sendo investigado.

A vítima conseguiu fazer com que os bancos das contas acessadas pelos criminosos estornassem parte do valor subtraído.

***
Redação Conti Outra, com informações do R7.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.