Uma empresa turca chamada Pugedon descobriu uma maneira bastante criativa de alimentar os mais de 150.000 cães e gatos abandonados que vivem nas ruas de Istambul, capital do país. A solução atende pelo nome de “Postos de Reciclagem Inteligente”, máquinas espalhadas pela cidade que distribuem comida e água em troca de garrafas plásticas recicladas.

Com a nova invenção, saem ganhando os animaizinhos de rua, que finalmente podem encontrar alimento sempre que a fome apertar, e sai ganhando o meio-ambiente, uma vez que estas máquinas incentivam a reciclagem de um material que, quando descartado, leva em média 100 anos para se decompor.

O funcionamento da máquina não poderia ser mais simples: quando a garrafa plástica é colocada na parte de cima, a comida sai na parte de baixo com fácil acesso aos animais de rua. Uma troca instantânea que só traz benefícios.

Os Postos de reciclagem inteligente contam ainda com uma vasilha de água anexada para que os usuários possam despejar a água restante em suas garrafinhas de plástico antes de reciclá-las. Vem da reciclagem das garrafas pet o dinheiro que irá custear a manutenção da ração nas máquinas. Não é demais?

O drama dos animais abandonados causou intenso debate mundial em 2014, durante os Jogos Olímpicos de Inverno, quando uma enorme quantidade de cães foi vista perambulando pelas ruas da cidade anfitriã dos Jogos, Sochi, na Rússia.

Assim que foi noticiado que alguns desses cães seriam sacrificados, os ativistas dos direitos dos animais entraram em ação para resgatar os filhotes sem-teto. Até mesmo alguns dos atletas da competição levaram cãezinhos para seus países após os jogos.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Nation e Engenharia

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.