A pedagoga Fernanda Esteves, viúva de Erasmo Carlos, usou seu perfil no Instagram nesta quinta-feira (5) para relembrart a cerimônia de casamento com o cantor. Ela publicou um vídeo dos votos do casamento deles e contou como foi se declarar ao marido, que faleceu em novembro do ano passado. Ela ainda fez um triste desabafo sobre a saudade que sente do artista e disse estar no fundo do poço.

Fernanda disse que ela e Erasmo tinham muitas datas de “aniversário de casamento”, pois o cantor considerava diferentes dias. Segundo a pedagoga, eles não tinham pretensões de se casar no começo do relacionamento, mas resolveram oficializar a união em uma cerimônia intimista. Ela disse ainda que não preparou os votos antes do casamento, apenas se declarou sinceramente como faria em qualquer outra ocasião.

“Queria ter falado mais e melhor, ter me preparado. Você queria me dar seu nome, dar satisfações, demonstrar ainda mais seu respeito por mim. Eu confiava em você, queria estar com você, que assim fosse, foi, fomos. Olho para o vídeo do nosso casamento e não consigo me lembrar de um momento no qual me sentisse mais bonita, que sorrisse mais. Não nos preparamos, mas era tão simbólico, significativo, eu sabia tudo o que tinha por trás para tornar aquela assinatura de papel tão importante para você”, contou a pedagoga.

Ela contou que era muito jovem quando conheceu Erasmo Carlos e que casar com ele “era uma simples escolha”. Já o cantor era mais velho e ela analisa que a escolha dele teve “um peso muito grande”, devido à história que o artista carregava. “Nossa história é de uma dignidade, meu amor”, declarou.

A pedagoga ainda afrimou que a tristeza pela partida do amado não tem fim e que continua sentindo a dor do luto conforme o tempo passa.

“Hoje não estou encontrando as palavras certas para te dizer o que estou sentindo. Estou com um buraco no peito. Lembra do poço? Descobri que ele não tem fundo, continuo em queda livre. O poço com fundo é em lugar de privilégio para alguns tristes, o meu poço é estreito e com paredes ásperas. À medida em que vou caindo, esbarro, me esfolo, me corto e me rasgo. Não estava preparada para te perder. Não assim, não agora. Te amo”, desabafou.

Veja abaixo a publicação de Fernanda Esteves:

***
Redação Conti Outra, com informações do R7.
Fotos: Reprodução.







LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES



As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.