Em apoio à escolha da Disney, Turma da Mônica transforma personagem negra em Ariel, de ‘A Pequena Sereia’

Através do Twitter, a Turma da Mônica se posicionou sobre a escolha da cantora e atriz Halle Bailey para o principal papel de A Pequena Sereia, e fez isso da maneira mais fofa possível!

REDAÇÃO CONTI outra

A Disney anunciou na noite de quarta-feira, 03, a atriz que irá interpretar Ariel, no filme live action de “A Pequena Sereia”, clássico em animação lançado em 1989. Logo que o anúncio foi feito, uma discussão tomou conta da internet. Isso porque a escolhida para o papel é a cantora Halle Bailey, que é negra.

Os que criticam a escolha, na sua grande maioria, alegam falta de fidelidade às características físicas da personagem, que é ruiva. Muitos baseiam sua opinião no fato de que o filme da Disney é livremente inspirado na fábula homônima escrita em 1836 por Hans Christian Andersen, de origem dinamarquesa.

Muitos dos que defendem a escolha do estúdio, justificam sua opinião ressaltando as qualidades artísticas de Halle Bailey, e apontam preconceito nos que atacam a cantora e atriz norte-americana.

No comunicado que oficializou a escolha, o diretor Rob Marshall disse: Depois de uma extensa pesquisa, ficou muito claro que Halle possui aquela combinação rara de espírito, coração, juventude, inocência e substância. Além de uma voz maravilhosa. Todas as qualidades intrínsecas necessárias para desempenhar esse papel icônico”.

E, entre críticos e apoiadores, uma declaração a favor da escolha ganhou destaque. A Turma da Mônica, por meio de Twitter, publicou uma imagem da personagem Milena – a primeira garota negra da turma – como uma versão de Ariel com um texto que diz apenas “nossa pequena sereia”.

Veja a imagem:

Redação CONTI outra. Com informações de huffpostbrasil

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.