Quem trabalha com saúde mental sabe que a expressão dos sentimentos através da arte é um mecanismo que provoca resultados realmente eficazes.

O ator Jim Carrey, de quem conhecemos o histórico de depressão, também identificou na arte uma “válvula de escape” para sua dor.

Hoje, o ator relata que está bem, pois agora sente que “a chuva chega, chove, mas não permanece”. Mas, para mostrar o papel da arte em sua vida, em 2017, ele gravou “Jim Carrey: I Needed Color”, um mini documentário de 6 minutos dirigido por David Bushell.

Abaixo, veja “Jim Carrey – I Needed Color”

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.