Elon Musk, criador da SpaceX e CEO da Tesla, detém hoje o título de “o homem mais rico do mundo”, com uma fortuna estimada em US$ 195 bi, o equivalente a R$ 1 trilhão. Entretanto, mesmo tendo uma invejada conta bancária, decidiu viver longe das extravagâncias que o dinheiro poderia lhe proporcionar. Recentemente, o bilionário de 49 anos vendeu um conjunto de mansões em Bel Air, bairro dos ricos e famosos em Los Angeles, e escolheu para si um lar consideravelmente mais modesto.

O empresário vendeu suas mansões da Califórnia e passou a ocupar uma das casas de uma vila perto da base texana da SpaceX
Foto: Reprodução

O novo lar do homem mais rico do planeta se localiza nas proximidades do vilarejo de Boca Chica, no estado americano do Texas. Trata-se de uma construção simples, em formato de ‘A’, que em nada remete à casa de alguém com bilhões na conta. A residência fica ainda a poucos metros do complexo SpaceX South Texas, onde foguetes são construídos e há uma base de lançamento de veículos espaciais.

Sobre sua decisão de vender as mansões em Bel Air, o magnata disse querer se tornar “um homem sem casa”. Busca um estilo de vida onde não haveria espaço para excesso de luxo e exibicionismo.

O biolionário teria escolhido deixar a Califórnia por não concordar com o excesso de ingerência do Estado em seus negócios e escolhas pessoais. Ele diz que espera ter mais liberdade no Texas.

Elon Musk é tido como um dos empreendedores mais ousados dos últimos tempos, à frente de projetos fortemente tecnológicos e inovadores. Além disso, é também um conhecido filantropo. Em 2012, ele aderiu à organização filantrópica The Giving Pledge, fundada por Bill Gates, Melinda Gates e Warren Buffett. Os bilionários desse clube se comprometem a doar ao longo da vida a maior parte da fortuna a projetos sociais.

***
Redação Conti Outra, com informações de Terra.
Imagem destacada: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.