Eles se trancaram em seu próprio bar para passar a quarentena. Cerveja à vontade!

Eles passam o dia jogando golfe em miniatura na sala de jantar vazia, cozinhando e lentamente ficando sem estoque de cerveja!

Ana Carolina Conti Cenciani

Steve Pond e Dom Townsend foram forçados a fechar temporariamente seu pub ‘The Prince’ em Londres, na Inglaterra, por conta da pandemia do COVID-19. Acontece que com a pandemia os dois resolveram passar a quarentena morando juntos no pub. Eles passam o dia jogando golfe em miniatura na sala de jantar vazia, cozinhando e lentamente ficando sem estoque de cerveja.

Estar em casa é a opção mais confortável para passar a quarentena, honestamente, há poucas pessoas que preferem outra opção além das próprias casas. Mas se perguntarmos a Steve e Dom, eles fizeram uma grande jogada por sua privacidade: agora eles têm um ‘apartamento’ compartilhado em seu próprio bar.

Steve e Dom decidiram aproveitar as instalações do bar para relaxar e passar a quarentena enquanto bebiam algumas cervejas e chopes. Mas se não há clientes, como eles conseguem se divertir? Um dos grandes benefícios do pub é que ele tem muito espaço, então eles passam tempo jogando golfe em miniatura, enfrentando jogos de xadrez intensos ou fazendo churrascos no telhado do pub e outras atividades.

Antes do isolamento, Steve e Dom moravam juntos em um dos apartamentos que ficam em cima do pub. Os dois moravam juntos há pouco tempo antes de a quarentena ser decretada. Felizmente, as coisas funcionaram muito bem e agora eles estão isolados no bar.

“Me mudei alguns meses antes do isolamento e, considerando o contexto, foi uma boa experiência. Fizemos muito bons amigos, tem sido ótimo. Não podemos reclamar, temos chope grátis”, conta Dom.

Ambos esperam que a quarentena e a pandemia terminem o mais rápido possível, para que possam voltar com o funcionamento do bar, ansiosos por socializar e colocar os negócios de volta nos trilhos. Esperamos que eles não acabem com toda a cerveja antes de reabrir…

 

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.