Ela abandonou o seu emprego para pintar as ondas do mar.

Cada pincelada era um pedaço de sua vida que se refletia no trabalho, nas lembranças e nos anseios de uma jovem que ama a brisa do mar.

Ana Carolina Conti Cenciani

Não é preciso muita análise para perceber que o talento dessa mulher é extraordinário. Com muita precisão, seus desenhos são hiper-realistas, cheio de cores e com ondas que transcendem a tela.

Para isso, ela teve que tomar uma decisão que mudaria sua vida, deixou seu emprego diário e correu o risco de não ter um salário fixo.

“No começo, eu estava com muito medo, era uma mudança à qual não estava acostumada, mas para avançar como artista tive que deixar algo para trás.” Foi assim que a incomparável artista, Bethany Moffat teve coragem e desistiu de seu emprego para viver de sua arte.

Seis meses foram necessários para Bethany completar sua primeira pintura, que recebeu o nome de “Fazendo ondas”, dedicada ao seu fascínio pelo oceano. Isso porque ela morava perto do mar e sempre teve medo das águas profundas, mas também possuía admiração e curiosidade por essa imensidão azul.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bethany Moffat (@beth.moffat) em

“O tempo que levei pode parecer muito, mas quando você olha atentamente todos os detalhes entende que é necessário.”, de acordo com Moffat, sua pintura era um processo meticuloso, algo mais do que apenas o mar.

“Crescendo junto ao mar, senti tanto medo das águas profundas quanto admirei a beleza de sua criação. Existe um poder curativo no ar salgado do oceano. Eu sempre serei fascinada por como o mar pode ser tão assustador e tumultuado, mas lindo ao mesmo tempo.” -Bethany Moffat

Cada pincelada era um pedaço de sua vida que se refletia no trabalho, nas lembranças e nos anseios de uma jovem que ama a brisa do mar.

É por isso que ela deu à obra esse tom profundo, juntamente com as sombras realistas que foram feitas com lápis. É o resultado de muito esforço, concentrado no que ela queria representar.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bethany Moffat (@beth.moffat) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bethany Moffat (@beth.moffat) em

 

Imagens @beth.moffat

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.