É aprovado na Câmara projeto que prevê prisão e multa para pais que não vacinarem os filhos

A pena também abrange quem divulgar, propagar ou disseminar, por qualquer meio, as notícias falsas sobre vacinas.

REDAÇÃO CONTI outra

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 04, o Projeto de Lei 3.842/2019, que prevê pena de detenção de um mês a um ano para aqueles que deixarem de vacinar criança ou adolescente.

A lei estipula incluir no Código Penal o crime de “omissão e oposição à vacinação” e, além da pena de detenção, aquele que descumprir a norma também deverá pagar multa.

Repressão às fake news

A pena também abrange quem divulgar, propagar ou disseminar, por qualquer meio, as notícias falsas sobre as vacinas componentes de programas públicos de imunização.

O deputado Pedro Westphalen apresentou a proposta substituindo o texto original, redigido pela deputada Alice Portugal, e outro projeto que tramita que conjunto. O projeto seguirá para o Plenário após ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Jornal de Brasília

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.